Destaque Editorial Expresso Foco

A GRANDE ARMAÇÃO


A grande armação, ou, usando um título do passado, “a grande pizza”, com os piores temperos e chefs. Os piores, porque é uma falácia dizer que todo o dinheiro contabilizado nas campanhas políticas é legal. Que é uma inverdade, se a origem deste, a motivação, foi para colocar dinheiro no bolso de políticos ou veio de obras superfaturadas. É ilegal. Se comprovado, é crime.

A população está consciente e revoltada, a pirâmide do poder político vai mudar, mas infelizmente de forma lenta e gradual, porque os políticos que estão sendo investigados têm trabalhado diuturnamente para desestabilizar a Lava Jato. E ainda por um bom tempo as legendas, ou melhor, pseudopartidos, vão continuar sendo controladas por políticos, na maioria, com baixíssima legitimidade.

Porém, os tempos mudaram. O juiz Sérgio Moro não está sozinho, ele passou a ser uma referência para centenas de juízes, promotores e delegados e, de forma geral, para as pessoas que querem justiça. Que convivem no ápice da insatisfação com políticos os quais transformaram empresas públicas em propriedades particulares e passaram a servir a empresas sem escrúpulos, e não aos seus eleitores. Com isso, uma parte significativa da classe política não possui mais credibilidade.

Há injustiça: com certeza, existem no meio dela políticos honestos e idealistas, mas está difícil separar o joio do trigo. O que está acontecendo é que os inocentes vão pagar pelos pecadores. Entretanto, há muitas ações que os políticos honestos podem realizar, para mostrar que são diferentes. Alguns já estão colocando-as em prática, abrindo mão dos seus salários, das suas mordomias; nos municípios, algumas câmaras municipais reduzindo o número de vereadores e salários, prefeitos diminuindo a quantidade de secretarias, assessorias e exigindo produtividade. É necessário que os honestos tomem essas atitudes, porque os valores, as mordomias atuais, foram criados pelos políticos que hoje estão virando réus na Lava Jato; legislaram em benefício próprio. Ainda é visível o corporativismo da classe.

Grande engano dos políticos que são lobos em pele de cordeiro: podem até boicotar parte do trabalho do juiz Moro, mas já estão cassados pela opinião pública. A maior contribuição da Operação Lava Jato, que completou três anos, foi a mudança cultural.

Editorial

Notícias relacionadas