Política

Balanço da Semana

 

Ministro Edson Fachin do STF determinou abertura de invetigação contra 8 ministros, 3 governadores, 24 senadores e 42 deputados federais

Vereadores defendem investigações  da Lava Jato e acreditam na mudança do país

O JORNAL de Uberlândia ouviu a opinião de dois vereadores independentes sobre a abertura de investigação determinada pelo ministro Edson Fachin  do Supremo Tribunal Federal contra 8 ministros, 3 governadores, 24 senadores e 42 deputados federais. Todos citados na delação premiada de ex-executivos da Odebrecht, dentro da operação Lava Jato.

Adriano Zago destacou a importância da Lava Jato e acredita numa mudança de comportamento do eleitor. Já Roger Dantas, que está no primeiro mandato, ressaltou a cobrança da sociedade para punição aos envolvidos e que a operação termine logo para que o país volte a progredir. Leia abaixo a opinião dos dois:

Vereador Adriano Zago:

“Primeiramente, devemos destacar a importância dessa operação. Ela tem trazido a lume o que acontece na política há vários anos. E fica provado que a corrupção não tem sigla partidária, ela está em todo o espectro político, o que nós lamentamos.

“Vemos muitos nos debates políticos acusações a políticos de partidos A, B, C ou D. Não tem partido. Todos ou quase todos com raríssimas exceções, diga-se de passagem, estão fora da operação Lava Jato.  O que nós temos que avaliar nesse lamaçal da política brasileira é a conduta dos agentes políticos, e não traçar o perfil do agente, iniciando pela sigla partidária da qual ele faz parte.

“Não pode haver seletividade. Todos que estejam envolvidos têm que ser responsabilizados pelos seus atos. Não pode haver identidades com partidos ou com políticos. Aqueles, que porventura, estão envolvidos que sejam devidamente processados, que tenham o direito a ampla defesa, ao contraditório. Se assim, a justiça entender em condená-los que cumpram as suas penas.

“Acredito que toda essa crise política tem um lado positivo de que haja mudança de comportamento nos eleitores brasileiros. Que o eleitor brasileiro possa ter critérios para poder escolher o seu agente político. Por muito tempo, não deram importância para a política e hoje nós estamos pagando esse preço.”

Vereador Roger Dantas:

“Nós estamos vendo que o país está mudando com as investigações da Lava Jato e seguirá mudando. Acreditamos que o país vai continuar mudando. É prerrogativa dessas investigações fazer esse juízo de valor porque  a sociedade cobra isso. Como parlamentar, apoio essa cobrança, porque quem está correto não tem o que pagar. Sem dúvida nenhuma, quem fez algo errado tem que ser punido por isso.

“Mas também, coloco aqui que o país está parando com a operação Lava Jato. Tem que investigar o que deve ser investigado e punir as pessoas envolvidas em corrupção, mas nós temos que sanar isso rápido.

“Precisamos resolver essa situação das investigações e o país começar a ter progresso porque hoje se nós formos analisar, quase todos os partidos, ou todos os partidos estão envolvidos em corrupção. Então temos que resolver essa história e virar a página. Não adianta a gente ficar em cima de investigações e o país parado, só falando disso. Temos que pensar no progresso, temos que aquecer nossa economia com geração de emprego e renda.”

 

Texto: Leonardo Leal
O Jornal De Uberlândia

Notícias relacionadas