Destaque Expresso Painel Política

Painel da política: confira as principais notícias da Câmara Municipal de Uberlândia

Ânimos exaltados – O presidente da Casa de Leis, vereador Alexandre Nogueira e o presidente da Comissão de Finanças, Tributos e Orçamento, Thiago Fernandes tiveram uma discussão acalorada na sessão de terça-feira (19). Alexandre defendia o pedido de urgência para aprovação do projeto, recebido no dia anterior, de transferência de R$ 55 milhões da Secretaria de Saúde para a SPDM (Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina) que administra o hospital municipal. Já Thiago Fernandes defendia o prazo para análise da comissão, e que precisaria de informações sobre se haveria processo de licitação ou se o repasse se daria por meio de contrato com a administradora. No decorrer da seção, os ânimos se acalmaram e os vereadores aprovaram o projeto com 22 votos favoráveis e 4 abstenções.

Baiano com pressa – O Vereador Hélio Ferraz, o Baiano, destacou dentro do projeto de repasse a SPDM que, apesar da necessidade de aprovar os projetos da área de saúde, o governo deveria ter urgência para pagar os salários em atraso dos servidores. “Nessa situação, eu gostaria de pedir à liderança do governo que colocasse na pauta a discussão dos salários dos servidores em primeiro lugar. Nós vereadores que caminhamos na cidade, escutamos na feira: não vai pagar não os salários? Você vai ao bairro e ouve: o salário não vai pagar não?”

CPI do Ipremu — Os vereadores Juliano Modesto, Michele Bretas, Wilson Pinheiro, Felipe Felps e Roger Dantas serão os integrantes da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) que vai investigar possíveis irregularidades na gestão passada do Ipremu (Instituto de Previdência Municipal de Uberlândia). Os nomes foram divulgados na terça-feira(18), durante a última sessão ordinária de abril da Câmara Legislativa. O próximo passo será a escolha do presidente e relator da CPI.

Projeto retirado – O líder do prefeito na Câmara, vereador Antônio Carrijo, retirou na segunda-feira (17), durante sessão ordinária, o Projeto de Lei Complementar que criava um banco de horas para os funcionários que cumprem jornadas de 12 por 36 horas. A ideia era que, em vez do pagamento de horas extras, os funcionários compensariam uma semana de trabalho com redução da jornada na semana seguinte. Um grupo de servidores se manifestou no plenário contra o projeto e contra o sistema de compensação de horas extras.

Homenagem ao Catanoce – O técnico do Uberlândia Esporte Clube, Paulo Cézar Catanoce, recebeu o título de Cidadão Uberlandense na sessão de segunda-feira (17), da Casa de Leis pela sua contribuição ao time de futebol da cidade. O autor da homenagem, vereador Vilmar Machado destacou que, “Catanoce prestou um grande serviço à frente do Uberlândia, dando alegria aos torcedores, principalmente com a classificação do time para a série D.”

Texto: Leonardo Leal

Notícias relacionadas