Cidade Expresso

Proerd conscientiza alunos sobre os perigos das drogas e da violência

A ação integra uma série de atividades preventivas para orientar crianças e adolescentes sobre os perigos do uso drogas e da prática de atos violentos.

Nessa semana, estudantes da Escola Municipal Freitas Azevedo participam de palestras do Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd). A ação integra uma série de atividades preventivas para orientar crianças e adolescentes sobre os perigos do uso drogas e da prática de atos violentos. Amparados em estratégias e linguagem adequadas ao público-alvo, os instrutores do projeto preparam os alunos para a tomada de decisões e resistência às pressões de grupos, despertando a percepção da necessidade de se afastar do que não é saudável e lícito. O Proerd é oferecido na rede municipal de ensino graças a uma parceria entre a Prefeitura de Uberlândia e a Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG).

O programa registra resultados positivos e é considerado essencial para a formação dos jovens. Isso porque, de modo descontraído, dinâmico e lúdico, a equipe desenvolve atividades pedagógicas que chamam a atenção dos estudantes e que não se limitam às salas de aula. “Entendemos que as ações feitas nas escolas são refletidas no mundo exterior e, por isso consideramos o Proerd de grande importância. Os alunos recebem os ensinamentos e os levam para suas famílias, amigos e comunidade. Isso os transforma em multiplicadores de conhecimento e nos permite atingir um número cada vez maior de pessoas”, disse a diretora da Freitas Azevedo, Lara Cristina Lara.

Pra não esquecer

A Freitas Azevedo fica no bairro Morada Nova e atende cerca de 1.500 alunos. Nesta unidade, o Proerd é oferecido aos estudantes do 5º ano do ensino fundamental, que têm idade entre nove e 11 anos. Segundo o sargento Adilson Alves, do 32º Batalhão de PMMG, a decisão de ter esse grupo como público-alvo surgiu após análises de profissionais das áreas de Psicologia e Educação.

Estudiosos alegam que é nessa faixa etária onde há maior propensão à assimilação das informações, o que permite que sejam alcançados melhores resultados junto aos alunos. “É uma fase de sonhos e ideais de vida, quando há disposição para batalhar por um futuro promissor. Tentamos reforçar seus talentos e orientá-los a não se desviar nesta caminhada”, explicou o sargento.

Conheça o Proerd

Em Uberlândia, junto à rede municipal de ensino, o programa é realizado em um esforço conjunto da Prefeitura, Polícia Militar e famílias. Com as atividades em salas de aula, policiais militares devidamente capacitados buscam formar cidadãos conscientes, capazes de resistir às ofertas de drogas e aos apelos da violência. Só que o trabalho não se resume apenas aos alunos: ações também são direcionadas à comunidade escolar, com a promoção da inclusão dos profissionais da educação, pais e responsáveis nos processos educacional e preventivo.

O programa possibilita que as escolas complementem seus projetos pedagógicos e promovam a cidadania, conforme a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB nº 9.394, de dezembro de 1996), por entender ainda que a educação é dever da família e do Estado e, inspirada nos princípios de liberdade e nos ideais de solidariedade humana, deve promover o pleno desenvolvimento dos educandos e prepará-los para o exercício da cidadania, além de qualificá-los para o mercado de trabalho.

Texto: Secom PMU

Notícias relacionadas