Cidade Destaque Expresso

Painel da Política: Odelmo quer trocar áreas públicas com particulares

Odelmo vai enviar projeto para Câmara que propõe troca de áreas públicas com particulares.

O prefeito Odelmo Leão se reuniu com os vereadores da base do governo na tarde de quarta-feira (3) para informar que vai enviar um projeto à Câmara com objetivo de trocar áreas da prefeitura por áreas de particulares. O objetivo é aproveitar as áreas trocadas para instalar equipamentos públicos e fazer uso de lotes que não estão sendo utilizados.

O vereador Doca Mastroiano deu como exemplo que a prefeitura tem três creches em casas no Tibery e o espaço está pequeno. Assim a prefeitura poderia trocar com a iniciativa privada um imóvel do bairro Tibery de particular para abrigar as creches por um imóvel público em que algum proprietário tivesse interesse em adquirir. O vereador disse que o projeto é bom porque visa melhorar os serviços públicos prestados à população.

Confira outras notícias que foram destaque essa semana na política de Uberlândia

Impasse no aumento do IPTU – O deputado estadual Felipe Attiê ocupou a tribuna da Câmara no início da semana, para falar que vai recorrer da decisão do juiz que derrubou a liminar cancelando o aumento de até 60% do IPTU de Uberlândia. Ele explicou que o juiz anterior, que havia suspendido o aumento, se aposentou. A decisão foi mantida pelo tribunal e voltou a primeira instância. Já o juiz atual, Valter Rocha Rubio, revogou a liminar. Attiê disse também que os advogados do seu partido, o PTB, vão entrar com ação direta de inconstitucionalidade contra o aumento aprovado em 2013.

Denúncia ao MPF – O vereador Vico apresentou denúncia na quinta-feira (4) na Casa de Leis, que imóveis financiados pelo programa Minha Casa, Minha Vida da faixa 1 de habitação popular no residencial Pequis e Monte Hebron estavam sendo vendidos ou alugados. Ele também apresentou representação no Ministério Público Federal. Como prova, o vereador apresentou reprodução de anúncios em sites de classificados, oferecendo imóveis do programa para venda e locação. Vico ressaltou que enquanto pessoas que precisam desses imóveis não têm acesso, outros que não precisam lucram com negociações irregulares.

Saúde no HC – A situação atual do Hospital Regional de Clínicas da UFU (Universidade Federal de Uberlândia) foi apresentada pela vereadora Jussara Matsuda na quinta-feira (4), na tribuna da Casa de Leis. Ela destacou que conversou com o reitor da UFU, Valder Steffen e que o hospital atende hoje 85% da sua capacidade. Houve uma melhora em relação a 2016. No entanto, O HC-UFU ainda precisa fazer o pagamento de terceirizados e adquirir equipamentos de ultrassom. A vereadora disse também que conversou com o deputado federal Tenente Lúcio, solicitando verbas em emendas para ajudar nessas demandas do HC-UFU. Jussara Matsuda ressaltou que o aumento na capacidade de atendimento do HC –UFU é uma melhora para toda a população porque diminui a procura nas UAIs (Unidades de Atendimento Integrado).

Texto: Leonardo Leal

Notícias relacionadas