Esportes Expresso Foco

Paratleta uberlandense de halterofilismo conquista recorde mundial

Equipe Brasil de Halterofilismo comemora bons resultados na Copa do Mundo.

Após quatro dias em Eger, na Hungria, os representantes brasileiros contabilizam vitórias na Copa do Mundo de Parahalterofilismo. Os três paratletas da Futel/CDDU desembarcam em Uberlândia ainda nesta terça-feira (9), trazendo na bagagem uma medalha de ouro, um recorde mundial júnior e muita experiência. A competição teve a participação de 168 atletas de 32 países. O Brasil ficou com o 1º lugar no quadro de medalhas júnior e o 4º lugar no adulto, atrás apenas do Egito, Polônia e Chile.

O uberlandense Mateus Assis foi um dos grandes nomes da competição. Na categoria até 97 kg, ergueu 180 kg em sua segunda tentativa e conquistou o 6º lugar na divisão adulto, a medalha de ouro e o recorde mundial na divisão júnior. Mateus já possui índice para o Mundial, que acontecerá em outubro, no México. “A competição foi excelente e estou muito feliz com o resultado obtido. Sem dúvida serve como motivação para chegar mais forte no Mundial”, conta.

A atleta Amanda de Sousa ficou em quarto lugar na categoria até 73 kg, mas não teve os 87 kg validados, marca necessária para garantir vaga para o Mundial. Já Luciano Dantas conquistou o quinto lugar, levantando 141 kg, e continua em busca de índice. O treinador Wéverton Santos, da Futel, e o fisioterapeuta Vander Fagundes acompanharam os paratletas durante a competição.

Os três parahalterofilistas voltam aos treinos nesta sexta-feira (12), às 13h, na academia da Arena Sabiazinho.

Tênis em cadeira de rodas

A equipe brasileira de tênis em cadeira de rodas, categoria júnior conquistou a medalha de bronze ao bater o Canadá por 2 a 1 no último domingo (7). Fábio Neto, paratleta Futel/Aparu, e Juscelino Torquato derrotaram a dupla canadense por 7/5 e 6/4, garantindo o terceiro lugar no pódio. O melhor resultado do Brasil em mundiais havia sido o nono lugar na Turquia, em 2010.

Texto: Secom PMU

Notícias relacionadas