Destaque Esportes Expresso

UTC será reestruturado pela prefeitura

Prefeitura assumiu administração do clube na última quinta-feira (18). Foto: Comunicação Futel

Após realizar análises e levantamentos, a Fundação Uberlandense do Turismo, Esporte e Lazer (Futel), definiu que a Praça de Esportes Minas Gerais (UTC) será fechada por tempo indeterminado. A decisão foi tomada em virtude da constatação da necessidade de realização de obras de alvenaria, pintura, recuperação de pisos, telhados e estrutura metálica, além da aquisição de equipamentos esportivos para o pleno funcionamento do local. A posse do imóvel ao Município foi garantida na última quinta-feira (18), por meio de uma liminar que foi deferida pelo juiz da 1ª Vara da Fazenda Pública, João Ecyr Mota Ferreira.

A administração da Praça de Esportes já está sob responsabilidade da prefeitura, que desenvolverá projetos importantes como o Centro de Referência Esportiva e escolinhas de diversas modalidades, além do clube social para os servidores públicos do Município. “Esperamos que tenhamos o clube em condições de implantação dos novos projetos e para receber o público o mais rapidamente possível. Constatamos que o piso das quadras anexas e do ginásio Dr. Eugênio precisam ser trocados, os sete aquecedores das piscinas têm que ser recuperados, as salas da diretoria e de troféus estão com alvenaria e tetos comprometidos e os telhados metálicos dos ginásios, principalmente do Homero Santos apresentam problemas”, explicou Silvio Soares dos Santos, diretor-geral da Futel, que lembra também a falta de mobiliário e equipamentos esportivos. “Não temos redes, raias, bolas, pranchas, mesas, cadeiras e outros itens. Mas nossa equipe já trabalha para deixar o clube em condições de utilização”, expôs.

Mobiliário lacrado

Sobre o mobiliário e outros equipamentos que eram utilizados pela FUTC, administradora da Praça de Esportes Minas Gerais durante quase doze anos, o diretor-geral da Futel esclarece que tudo está guardado e lacrado, sob responsabilidade da Justiça. “O que pertence ao Município é o imóvel, além de equipamentos como tabelas de basquete, traves de gols, extintores, troféus, entre outros. Os demais objetos são do UTC e FUTC, mas poderão ser retirados somente se houver comprovação. Foram retirados até o momento, com autorização da Justiça, apenas computadores e documentos”, disse Silvio Soares.

Direitos serão respeitados

Em relação às escolinhas e outras atividades existentes no clube, a Futel garantirá o direito daqueles que estão matriculados. “As escolinhas, hidroginástica e natação, além de outros setores do clube funcionaram até o final da semana que passou e agora o local será fechado. Quando for reaberto vamos iniciar as atividades, respeitando aqueles que estão matriculados. Enquanto isso, a fundação coloca suas escolinhas nos poliesportivos à disposição dos alunos do UTC”, contou Silvio Soares dos Santos. O diretor-geral explicou ainda que, a partir da próxima semana, um servidor estará no UTC para orientar, tirar dúvidas e fazer um recadastramento dos sócios e alunos das escolinhas.

Texto: Secom PMU

Notícias relacionadas