Cidade Destaque Expresso

Maternidade e UTI Neonatal do Hospital Municipal completa seis anos

Cristiane e Vitória. Foto: Arquivo pessoal da família

Inaugurada em maio de 2011, a maternidade do Hospital Municipal Dr. Odelmo Leão Carneiro já registra mais de 17 mil nascimentos e a redução de 64% na quantidade de cesáreas realizadas. Contabiliza 32 leitos, além de outros 10 de berçário, 10 de UTI neonatal e cinco de cuidados intermediários. Para celebrar a data, nesta quinta-feira (25) a equipe assistencial da unidade, com apoio da Secretaria Municipal de Saúde, preparou uma homenagem às mães e aos filhos que enfrentaram longos períodos de internação no hospital. As crianças puderam se divertir nos brinquedos e saborear pipoca, cachorro-quente, algodão doce, iogurte, suco, frutas, bolos e guloseimas.

Isabela Oliveira Lopes e a pequena Alice. Foto: Araípedes Luz – Secom/PMU

A comemoração da data não se resume apenas aos seis anos de funcionamento desses setores. Neste mês, o aniversário é também de quem nasceu exatamente no dia e horário que o atendimento a gestantes e bebês começou a ser feito na unidade. No dia 8 de maio, o relógio marcava 13h e Cristiane Silva Matos já tinha conseguido ver o rostinho da mais nova integrante da família: Vitória. O momento ficou marcado na memória, como todas as fotos e boas recordações da gestação. Só que Cristiane também guarda com carinho o certificado que recebeu por ser a primeira gestante a dar à luz no Hospital e Maternidade Municipal Dr. Odelmo Leão Carneiro. Assim que a filha cresceu, Cristiane fez questão de contar como foi sua chegada ao mundo e de mostrar à filha o documento que a considera a primeira criança nascida na unidade. “Ela fica toda feliz quando eu conto como foi seu nascimento e mostro o certificado. Ela também gosta muito de assistir aos vídeos e ver as fotos do dia que ela nasceu”, recordou.

Reconhecimento e celebração

Fernanda e as trigêmeas Foto: Araípedes Luz – Secom/PMU

 

Seis anos depois, Cristiane ainda se lembra de como foi a dar à luz no HM. “Cheguei na UAI Martins já em trabalho de parto e logo me encaminharam para lá. Tive parto normal e fiquei dois dias aguardando para receber alta. Lembro como se fosse ontem, que foi um atendimento excelente, a estrutura é de primeira e a equipe, me ajudou demais com os primeiros cuidados. Tenho orgulho de fazer parte desta história”, explicou.

Uma das mães homenageadas na celebração realizada hoje (25) fez questão de agradecer publicamente pelos 83 dias em que sua filha foi acompanhada pela equipe da UTI. Muito emocionada, Isabela Oliveira Lopes contou sua experiência no hospital com a pequena Alice. “Milha filha nasceu com 930 gramas e 36 centímetros. Ela não ganhava peso, estava debilitada, apresentou complicações e realizou cinco transfusões de sangue. Mas Alice venceu tudo isso e hoje é uma criança esperta, feliz e que enche nossa vida de amor. Quando ela saiu, foi o dia mais feliz da minha vida. E tudo isso foi possível graças a essa equipe que realiza o trabalho com muito amor e carinho. Eles saem de casa, deixam os seus filhos para cuidar dos nossos. Eu só tenho a agradecer,” enfatizou.

Fernanda Andrade Torres também tem motivos de sobra pra comemorar. Após ficar um mês internada no Hospital e Maternidade Municipal Dr. Odelmo Leão Carneiro, deu à luz à Alice, Manuela e Valentina. As trigêmeas decidiram vir ao mundo quando a mãe estava na 32ª semana de gestação. As três meninas foram direto para a UTI Neonatal, onde ficaram por mais 30 dias.

“Foi muito difícil. Por mais que eu tivesse o melhor atendimento e tratamento de todos os profissionais, em alguns momentos eu achava que elas não iriam resistir. Eram pequenas, frágeis demais”, relembrou Fernanda. E quando soube que as meninas podiam ir pra casa, Fernanda não sabia onde caberia tanta alegria. “Era inacreditável. Foi uma emoção muito grande depois de tanto tempo esperando pela recuperação delas. Tive certeza que as três estavam bem e só conseguiram superar isso tudo porque tiveram o carinho de uma equipe maravilhosa e competente”, contou.

O reconhecimento de pacientes como Cristiane, Isabela e Fernanda é um dos fatores de motivação aos médicos, enfermeiros, técnicos e outros profissionais que atuam no Hospital Municipal Dr. Odelmo Leão Carneiro. “É um setor que está funcionando plenamente, com atendimento de qualidade e equipe dedicada e competente. Prova disso são essas crianças se divertindo e comemorando ao lado dos pais uma vida que começou cheia de superação. Temos a proposta de oferecer o que há de melhor em saúde pública às mães e às novas gerações e estamos realizando essa missão”, expôs o secretário de Saúde, Gladstone Rodrigues.

Texto: Secom PMU

Notícias relacionadas