Cultura Destaque Expresso

Confira as exposições que estão abertas à visitação no mês de junho

Exposição ‘Bichos Híbridos’, de Vânia Vilela. Foto: Cleiton Borges – Secom/PMU

Uberlândia tem diversas exposições artísticas abertas à visitação, gratuitamente, para toda a comunidade. Ao todo, seis mostras estão instaladas nos espaços culturais da cidade, que estão abertos de segunda a sexta, das 14h às 18h.

Prestigie!

‘Bichos Híbridos’

Artista: Vânia Vilela
Local:foyer do Teatro Municipal
Data:Até 30 de julho
Informações: A artista relata uma reinvenção da fauna com base em sua própria concepção de formas e movimentos dos animais. Ao misturar espécies raras e em extinção, Vânia criou o que ela chama de ‘híbridário’, uma tradução genuína da obra que pode ser vista de um jeito singular e lúdico, muitas vezes exótico e misterioso, ora jurássico e performático.

‘Igreja do Rosário’

Artistas: Mauro Marques, Beto Oliveira e Jorge J. Paul
Local: Museu Municipal
Data: Até 9 de junho, de segunda a sexta, das 8h às 18h
Informações: Depois de apreciar as flâmulas utilizadas nas comemorações da festividade, já no saguão superior, o visitante quase consegue ouvir os ternos de Congado, com suas músicas e danças. Os tambores, violas e adereços enchem o ambiente com a alegria típica da Festa em Louvor à Nossa Senhora do Rosário e a São Benedito, uma das principais na região. É impossível não se sentir integrante da festa ao circular entre as fotografias da igreja e do Congado no passado, que se contrastam com as feitas por Mauro Marques, Beto Oliveira e Jorge J. Paul no presente.

‘Cenários e Faces’

Artistas:Marcos Caixeta e Renato Dalla Líbero
Local:Galeria de Arte Geraldo Queiroz da Casa da Cultura
Data: Até 06 de julho
Informações:Olhares diferentes, porém complementares. Retratos de experimentações, sensações e vivências. Essas são as descrições que Marcos Caixeta e Renato Dalla Líbero dão às suas obras. A mostra, que leva o nome de ‘Cenários e Faces’ e é formada pelas 30 telas dos artistas.

‘Imaginário’

Artista: Luiza Guedes
Local:: na Sala Alternativa da Oficina Cultural
Data: Até 06 de julho
Informações:Por meio da ilustração, a artista utiliza de diversos objetos para expressar sua arte, seja em madeira, papel, paredes ou mesmo em formato digital. Por meio do lúdico, as aquarelas de Luiza são as lembranças de experiências pessoais, emoções, inspirações e intuições, trazendo uma junção de realidade com o que habita na mente e na alma da ‘desenhadora’.

‘Indizível’

Artistas: Alexandra Maria Cardoso Mota, Brendon Mota Alves, Brayan Lucas Arantes da Rocha, Cíntia Guimarães, Dyego Póvoa, Educada Cardoso Alves, Inara Marchi da Silva, Isabela Cândida Lima, Israel Gollino, Jorne Henrique Paul, Léa Zumpano, Lúcia de Fátima Estevinho Guido, Manuel Alves da Rocha Neto, Maria Guilhermina Coelho de Pieri, Maria Inês Machado e Marileusa Reducino.
Local: Galeria de Artes Lourdes Saraiva Queiroz da Oficina Cultural
Data: Até 06 de julho
Informações: As obras que compõem a exposição ‘[In]dizível: Outras Memórias’ são fotografias de 16 artistas selecionados por edital da Secretaria Municipal de Cultura e retratam aquilo que não é dito no dia a dia, mas precisa ser evidenciado. Cada obra traz o olhar crítico e poético do artista, em registros feitos por diversas partes do país.

‘Retalhos Rupestres’

Artista: Regis Winckler
Local: Galeria de Arte Ido Finotti (espaço anexo ao Centro Administrativo Municipal
Data: Até 06 de julho
Informações: Com o objetivo de recuperar a mais primitiva expressão das artes, os registros foram feitos em retalhos de pedras que seriam descartados. Com questionamentos sobre evolução e involução social, o artista pretende levar os visitantes à seguinte reflexão: ‘somos livres ou vivemos sob uma imposição ditada pelo mundo exterior?’. Regis explica que se trata de um convite para que possamos pensar sobre a maneira que vivemos hoje.

Texto: Secom PMU

Notícias relacionadas