Cidade Destaque Expresso

Vendas do Dia dos Namorados devem crescer 10% em relação a 2016

Foto: Pixabay

Pesquisa realizada pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) Uberlândia aponta que 67% dos comerciantes da cidade estão otimistas com as vendas para o Dia dos Namorados, que é a terceira data mais relevante para o varejo brasileiro. De acordo com o levantamento, é esperado um crescimento de cerca de 10% no volume de vendas em relação à mesma data comemorativa do ano passado.

Apesar do otimismo, mais de 90% dos associados que participaram do estudo não esperam realizar vendas a vista. O cartão de crédito deve ser o meio de pagamento mais utilizado, acreditam 67% dos lojistas. Já o crediário próprio ou o carnê, que algumas lojas ainda disponibilizam, foi citado como a principal forma de recebimento por 24% dos comerciantes.

“Essa é uma data de aquecimento do mercado. Mesmo com a situação financeira difícil, as pessoas presenteiam e não deixam o Dia dos Namorados passar em branco. Para isso, escolhem uma forma de pagamento que lhe convém e que melhor se adapta ao orçamento. Então, o comércio já espera que a maioria das compras seja no cartão de crédito e parceladas”, afirma o presidente da CDL, Cícero Heraldo Novaes.

Promoções

Para tentar atrair mais consumidores e ter uma venda maior, 54% dos lojistas associados à CDL Uberlândia pretendem realizar ações diferentes e também promoções.

Horário diferenciado

Na semana que antecede o Dia dos Namorados, 35% dos lojistas pretendem estender o horário de funcionamento até às 19h. Outros 20% vão atender até às 20h, principalmente floriculturas e comércios do segmento de vestuário. Mas 41% pretende manter o expediente em horário normal (até às 16h).

Contudo, no domingo (11) dia que antecede a data comemorativa, 85% vão manter horário normal, ou seja, fechado.

Texto: Serifa Comunicação

Notícias relacionadas