Destaque Esportes Expresso

Paratletas de Uberlândia se destacam em Circuito Nacional

Foto: Divulgação

Foi realizada em São Paulo (SP) na última semana, a 1ª Etapa Nacional do Circuito Loterias Caixa Paralímpico de Atletismo, Halterofilismo e Natação. Os atletas da Aparu, APUV e CDDU – associações parceiras da Fundação Uberlandense do Turismo, Esporte e Lazer (Futel) -, se destacaram ao conquistar 38 medalhas, índices para os mundiais e recordes brasileiros. Uberlândia foi representada por 49 pessoas, sendo 40 atletas e nove técnicos ou profissionais de apoio nas três modalidades.

Halterofilismo

A equipe de halterofilismo conquistou oito medalhas de ouro, seis de prata e quatro de bronze, além de quebrar três recordes brasileiros. Os 22 atletas da Futel/CDDU e um do Instituto Virtus, finalizaram a disputa com excelente participação: quatro esportistas já têm índice para disputar para o Campeonato Mundial que será realizado em setembro deste ano, no México.

Amanda Sousa, de 25 anos, foi a recordista brasileira na categoria adulto por levantar 88 kg. Ela conta que a preparação e apoio do técnico Wéverton Santos, foram essenciais para o bom desempenho. “Cheguei à disputa muito tranquila, estava realmente segura quanto ao peso que levantaria. Agora é seguir a preparação e treinar forte para ir bem para o Mundial”, comemora.

Já Mateus Assis, de 19 anos, foi destaque na categoria até 97 kg. O atleta que já treina há seis anos levantou 185 kg, batendo o recorde brasileiro júnior e garantindo o ouro júnior e adulto. O outro recorde brasileiro júnior ficou com a atleta Fernanda Teixeira, que ergueu 60 kg.

Os atletas da equipe de halterofilismo são treinados pelo professor da Futel e técnico da Seleção Brasileira da modalidade, Wéverton Santos. “Tivemos uma participação muito proveitosa nesta competição e voltamos para casa com excelentes resultados”, comenta.

Atletismo

Com a participação de 16 atletas da Aparu, APUV e CDDU, a equipe de atletismo conquistou nove medalhas de ouro, seis de prata e três de bronze. O grupo participou de inúmeras provas e as medalhas vieram no arremesso de peso, lançamento de disco e dardo, 100m, 200m, salto em distância e salto tripo. Além da incidente presença no pódio, o atleta Wellington Fernandes garantiu o índice classificatório para o Mundial de atletismo.

Rodrigo Silva fez bonito na competição, mesmo já sendo dono de índice para o Mundial. Ele garantiu ouro nos 100m e 200m, além do salto em distância. “Estou muito satisfeito com meu resultado e desempenho nas provas. Agora é voltar firme aos treinamentos porque quero chegar no México em minha melhor forma e tentar trazer medalhas para o Brasil”, esclarece.

Natação

Por fim, a natação foi representada pelo atleta Ruiter Gonçalves Silva, que conquistou prata nos 50m livre e ouro nos 100m livre. “Serviu de preparação para a última seletiva para o Mundial, que será em agosto, em São Paulo. Estou direcionando todos os meus treinamentos para garantir o tempo classificatório”, comentou.

Texto: Secom PMU

Notícias relacionadas