Beleza Estilo de Vida Expresso Foco

Hidratação da pele: óleos ou hidratantes?

Dra Thaís Mesquita é dermatologista

No inverno, o frio e a baixa umidade geram ressecamento da pele e exigem cuidados redobrados para evitar aquele visual ressecado e alteração na textura da pele, que fica com um aspecto menos saudável. Além disso, os banhos quentes retiram a camada de proteção cutânea e também geram ressecamento. Por isso, vale a pena investir em produtos para uma boa hidratação. O que muita gente não sabe é a diferença entre eles e qual escolher.

Os óleos formam uma película sobre a pele que impede a perda de água, retém a umidade natural e evita o ressecamento; porém, não hidratam verdadeiramente, por não ter boa penetração e não repor a “água” perdida. O óleo possui a vantagem de ser facilmente espalhado e uma pequena quantidade do produto ser suficiente. Deixa o corpo com um aspecto brilhoso e aveludado. Não é indicado para peles oleosas e deve ser evitado na face, por obstruir os poros. Pode ser usado antes do banho ou durante (óleos de banho), para evitar o ressecamento com a água quente.

Os hidratantes, além da ação umectante (evitam a perda de água), possuem também emolientes, os quais são ativos que de fato atraem a água para a pele, como a ureia, a glicerina, o lactato de amônia e o ácido hialurônico. Eles conseguem penetrar na cútis e devolver a água perdida. Pessoas com dermatite atópica e algumas doenças de pele devem usar hidratantes especiais com capacidade de restaurar a barreira cutânea. O melhor horário para aplicá-los é logo após o banho, pois há maior absorção.

Se você é do tipo que não dispensa o óleo corporal, a boa notícia é que os dois produtos podem ser usados juntos! Passe primeiro o creme hidratante e depois aplique o óleo por cima. Ou alterne: um pela manhã e o outro à noite. Lembre-se de caprichar nas regiões como joelhos, cotovelos e calcanhares, que sofrem mais.

Evite banhos quentes, buchas e sabonetes em excesso ou antissépticos, fatores que colaboram com o ressecamento cutâneo.

Lembrando que a hidratação também deve ser realizada de dentro para fora, ou seja, ingerindo-se pelo menos dois litros de água por dia.

Cuide da sua pele do jeito que ela merece!

Texto: Dra. Thaís de Paula A. Mesquita
Dermatologista

Notícias relacionadas