Cidade Destaque Expresso

Prefeitura recupera asfalto do corredor de ônibus da avenida João Naves

Foto: Cleiton Borges/ Divulgação

A Prefeitura de Uberlândia finalizou ontem (22) os trabalhos de recuperação do pavimento asfáltico do corredor da avenida João Naves de Ávila em frente às estações 1, 2, 3 e 4 (entre o Terminal Central e a Prefeitura de Uberlândia). Desde o dia 7 deste mês, foram ao menos dez dias de trabalho em que 1.680 m² de área passaram por um processo de fresagem e de recapeamento. Ao todo, 162 toneladas de massa asfáltica foram utilizadas para recuperar trechos que estavam deteriorados e colocavam em risco a segurança viária.

O serviço nestas quatro estações (Cesário Alvim, Pereiras, Sesc e Shopping) fez parte de uma ação elaborada em conjunto pelas secretarias de Trânsito e Transportes (Settran) e de Obras. Ação que era considerada de urgência, uma vez que houve o diagnóstico de afundamento do asfalto, o que interfere na manutenção dos ônibus e pode gerar acidentes.

“Foi um serviço de extrema necessidade que tomamos como prioridade por determinação do prefeito Odelmo Leão. Isso porque a situação do asfalto afundado exigia mais manutenção dos ônibus e do sistema de abertura das portas das estações. Para corrigir, foi necessário, por exemplo, a fresagem em uma profundidade de cerca de cinco centímetros”, explicou o vice-prefeito e secretário municipal de Trânsito e Transportes, Paulo Sérgio Ferreira.

A previsão é que o novo pavimento dure sem ser comprometido por mais ao menos dez anos. O secretário também ressaltou que, com esta manutenção nos trechos das quatro estações, fica garantida a segurança dos usuários do transporte coletivo durante o embarque e o desembarque. Segundo levantamento da Settran, mais de 240 mil pessoas passam pelas quatro estações ao mês.

Processo organizado

Apesar da necessidade de interdições parciais das estações e dos trechos da avenida João Naves de Ávila, não foram registradas ocorrências ou problemas na operação do transporte público e mesmo do trânsito enquanto ocorreram os trabalhos de recuperação no corredor de ônibus. Isso foi possível graças a uma programação especial preparada pela Settran para garantir a funcionalidade das linhas de ônibus e o fluxo dos veículos.

Enquanto durou o serviço, por exemplo, os usuários foram orientados em relação às estações e um material informativo foi disponibilizado nos terminais da cidade. Em relação ao trânsito, cavaletes e cones foram colocados para sinalizar os trechos, bem como agentes de trânsito também estiveram nos locais para evitar contratempos aos motoristas.

Obra aprovada

Quem aprovou o trabalho de recapeamento nas estações da avenida João Naves foram os servidores que atuam no transporte público. O motorista de ônibus Marlin Frutuoso atua em uma linha que faz o trajeto Terminal Central-Terminal Santa Luiza pela via e comemorou a iniciativa do Município. “Havia muita reclamação devido ao balanço dos ônibus, sem contar que o afundamento da pista nas estações dificultava a abertura das portas de acesso. Algo que, consequentemente, gerava mais reclamações e sensação de insegurança”, disse.

A estudante Marcela Santana, que mora no bairro Martins e utiliza a linha para chegar ao estágio, confirma o relato do motorista. “Com essa obra, voltamos a ter conforto e segurança”, afirmou.

Texto: Secom PMU

Notícias relacionadas