Expresso Foco Games

Novo Atari? Saiba mais sobre a história do jogo e as novidades que vêm por aí

Foto: Divulgação

Fundada em 1972 por Nolan Bushnell, em uma garagem na cidade de Sunnyvale – Califórnia, a Atari foi revolucionaria na indústria dos games. Arcades dos jogos como Pong viraram febre no mundo todo. Posteriormente, a empresa, com ajuda criativa de Steve Jobs (SIM, o cara), mudou sua estratégia de mercado e focou na então revolucionaria ideia dos consoles caseiros. Em meados de 1977, veio ao mundo o primeiro videogame familiar, o Atari Video Computer System, ou apenas Atari 2600, praticamente inaugurando a era dos jogos eletrônicos dentro de casa. O console chegou ao Brasil apenas em 1983 sendo um estrondoso sucesso de vendas e para quem já passou dos 30, sabe que virou símbolo cultural da época. Aposentado em 1992, o Atari 2600 foi considerado o console de maior durabilidade da história, tendo uma geração e lançamento de jogos durante 14 anos (atualmente, as gerações não duram mais do que 6 anos). Estima-se que foram vendidas mais de 40 milhões de unidades.

O grande diferencial do Atari foi sua jogabilidade simples, divertida e criativa mesmo com qualidade baixa em 8 bits. Jogos como Pac-Man, River Raide, Pitfall, Donkey Kong entre outros, marcaram época e gerações. River Raide, por exemplo, foi imaginado e programado por Carol Shaw, a primeira game designer. O jogo foi pioneiro nos “jogos de naves”, explorando cenários de guerra e inclusive foi banido da Alemanha.

Foto: Divulgação

Há também histórias de fracassos, como o famoso caso do jogo do filme de 1982, E.T – O Extraterrestre, por muitos considerado o pior game de todos os tempos. Para aproveitar o sucesso do então recém lançado filme do diretor Steven Spielberg, a equipe de produção teve apenas cinco semanas para desenvolver o design, trilha sonora, gráficos e testes. Resultado: um jogo praticamente incompleto e cheio de bugs. Mesmo vendendo mais de 1,5 milhões de cópias, a Atari amargou um prejuízo enorme, a ponto de enterrar os cartuchos não vendidos em uma cidade no interior do Novo México. Inclusive há um documentário na Netflix sobre o assunto (Atari: Game Over)

Foto: Divulgação

Com toda essa bagagem de sucesso e fracasso, inclusive de pedido de falência, a Atari voltou. Mal acabou a E3 e foi divulgado um teaser sobre o provável novo console da lendária companhia. O anúncio foi confirmado pelo CEO da empresa, Fred Chesnais. No entanto, ainda não há informações sobre o hardware do aparelho – a fabricante não revelou se ele terá potência considerável ou se será um videogame retrô para jogar clássicos como Space Invaders e Breakout. O vídeo do Ataribox (nome dado ao projeto do console) deixou jogadores curiosos ao apresentar um aparelho com acabamento de madeira, como o clássico Atari 2600 de 1977.
Segue o vídeo.

Texto: Lucas Luz, entusiasta de games

Notícias relacionadas