Comportamento Expresso Foco

Viagens: etiqueta do início ao fim

Bruna Barcelos é consultora de etiqueta. Foto: Divulgação

Resolvi escrever esta semana sobre etiqueta em viagens, pois, com minhas viagens e as de amigos, ando observando muitas coisas que precisam e deveriam ser ajustadas em relação ao comportamento do ser humano.

O mais importante desse tema é, primeiramente, saber que qualquer viagem é um sonho, um momento de lazer e descontração para a pessoa que está adquirindo um pacote ou fechando detalhes.

Pois bem, você fará uma viagem e vamos considerar que será internacional. Ir para o exterior exige uma atenção maior para alguns detalhes. Vejamos:

– Fique atento às regras das companhias aéreas em relação a documentações e bagagens. Essas regras variam de empresa para empresa, de país para país. Por isso, antes de viajar, leve em consideração esses aspectos, pesquise ou consulte seu agente de viagens.
– Feito isso, faça o check-in dentro do horário previsto, que são 2 horas antes da viagem. Não é elegante em hipótese nenhuma levar bagagem de mão maior que o tamanho permitido e ainda discutir com o colaborador da empresa aérea sobre essa questão.
– Já na sala de embarque, procure ficar próximo ao seu portão e evite colocar malas e bolsas “sentadas” nas cadeiras desocupadas. Isso é deselegante e até grosseiro.
– Dentro da aeronave, dê preferência para pessoas idosas, portadores de necessidades especiais e crianças. Além de isso ser uma exigência, é educado. Não finja que não está vendo ou não sabe disso!
– Não fique com pressa para embarcar, furando fila e “passando por cima” de todo mundo. A partir do momento em que você efetuou o check-in, a empresa aérea não embarca sem você, elas só irão fazer isso depois de chamar seu nome cerca de 5 vezes.
– Ainda dentro da aeronave, respeite todas as regras. Isso é elegante e também uma questão de segurança. Coloque sua bagagem de mão no compartimento acima de sua poltrona e não ocupe mais do que seu espaço.
– No desembarque: não precisa correr ou levantar antes mesmo de a aeronave parar. Isso vem acontecendo com frequência tanto em voos domésticos quanto em internacionais. Fique tranquilo, todos vão desembarcar e você ainda vai ter que esperar sua mala, como todo mundo, então pra que pressa?

Texto: Bruna Barcelos
Consultora Comportamental

Notícias relacionadas