Destaque Expresso Saúde

Dicas para emagrecer no inverno e diminuir a sua fome

Dra. Rafaela Degaspari é endocrinologista e metabologista

No inverno é comum aumentar a fome, porque no frio o organismo precisa de mais energia (caloria) para aumentar a temperatura corporal e se manter aquecido aos 37 graus, ideais para seu funcionamento. Isso faz com que as pessoas procurem por alimentos mais calóricos. A fim de conseguir mais energia, o corpo acelera o metabolismo, o que é ótimo.

O inverno é uma época excelente para emagrecer, porém, nós repomos as calorias perdidas para aquecer o corpo comendo em excesso. Aí que mora o perigo. Ideal é aproveitar que o metabolismo está acelerado para ele queimar as gorduras, e não estocar mais.

Outro motivo de querermos comer alimentos mais calóricos é devido ao fato de no inverno haver dias sem sol em algumas cidades – o que em Uberlândia é bem raro. Isso faz com que a pessoa fique mais deprimida, devido à diminuição da produção de serotonina, a qual promove a sensação de bem-estar. Então, as pessoas acabam por procurar na comida essa sensação. Todavia, você não precisa dos chocolates para aumentar a serotonina, você pode conseguir isso com a atividade física.

*Dicas para diminuir a fome no inverno:

1 – não fique mais que quatro horas sem comer para não ficar com muita fome. Assim, você evita comer demais na próxima refeição;
2 – há pessoas que têm fome a cada duas horas e meia, então, podem comer em média três castanhas como castanha-do-pará, caju, nozes; ou três frutas secas sem açúcar, como damasco, ameixa;
3 – coma cereais integrais, como granola, porque dão saciedade (demorar mais tempo para ter fome);
4 – faça ingestão de bebidas quentes durante o dia, como café e chás, assim o corpo fica aquecido e você terá menos fome, além se hidratar, já que no inverno não gostamos de beber muita água e ela é essencial para a pele;
5 – utilize chás termogênicos, que aceleram ainda mais o metabolismo e queimam gordura, como: chá verde, mate, gengibre, canela, hibisco, cavalinha. Prefira fazer infusão com folhas e flores;
6 – utilize temperos que aquecem o corpo: pimenta, páprica, curry;
7 – os alimentos quentes permanecem mais tempo no estômago e dão a sensação de mais saciedade;
8 – aqueça as frutas, o que as deixa mais doces, mas aumenta o seu índice glicêmico. Pode-se adicionar canela, é uma ótima opção para substituir doces muitos calóricos;
9 – sopas são ideais para o jantar, mas devem ser as de baixo índice glicêmico e pouco calóricas como cenoura com gengibre, abóbora cabotiá com gengibre, ervilha, lentilha, batata-doce, legumes. Pode-se adicionar carne ou frango;
10 – pratique exercício físico, pois isso aquece o corpo e assim você sentirá menos fome, além de ter maior sensação de bem-estar em função do aumento da endorfina.

*Evite:
1 – creme de leite, queijos amarelos, macarrão, arroz nas sopas;
2 – massas recheadas, molho branco. Prefira massa integral com molho de tomate ou bolonhesa sem parmesão;
3 – chocolate quente tradicional. Se for consumir, prefira com leite de amêndoas ou leite de coco, chocolate 70%.

Não aumente a quantidade de comida que você já ingeria, consuma mais alimentos que ajudam a aquecer o corpo e a te dar mais saciedade.

Texto: Dra. Rafaela Degaspari
Endocrinologia e Metabologia
CRM – MG 72080

Notícias relacionadas