Destaque Expresso Saúde

Saiba como evitar doenças respiratórias no inverno

Clima seco e baixas temperaturas favorecem surgimento de gripes, resfriados e outras doenças que podem ser prevenidas

Foto: Pixabay

Com a queda de temperatura nos últimos dias e o clima seco predominante nesta época do ano, algumas doenças como gripes, resfriados, pneumonia, bronquite, rinite e sinusite são registradas com mais frequência nas unidades de saúde. Segundo o médico da Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde, Marcelo Sinício, é preciso tomar muito cuidado e saber identificar as enfermidades para que o tratamento seja eficiente.

“As doenças mais graves são as influenzas e a pneumonia, só que o resfriado é mais comum. É importante salientar que a gripe é diferente do resfriado, ela pode ser mais grave. É causada pelo vírus e ataca as vias aéreas superiores, que são os pulmões. Aí a gravidade da gripe. Ela também provoca dores no corpo e na cabeça, deixando a pessoa mais debilitada”, explicou.

De acordo com Sínicio, as doenças de inverno podem acometer qualquer pessoa, mas é importante tomar cuidado com as crianças, que sofrem mais. “Como a imunidade delas ainda não está madura, acabam ficando mais expostas”, disse.

Por isso, o médico reforça alguns cuidados que devem ter nessa época do ano. “Temos o hábito de usar nossas mãos para tampar a boca quando tossimos ou espirramos. Isso não é o correto. Nossas mãos são o meio de transporte dos vírus e bactérias, por isso, é mais prudente usar a manga da camisa ou lenços descartáveis quando for necessário espirrar ou tossir”, expôs.

Veja outras dicas:

– Higienizar as mãos com água e sabão ou com álcool gel, principalmente depois de tossir ou espirrar; depois de usar o banheiro, antes de comer, antes e depois de tocar os olhos, a boca e o nariz; evitar tocar os olhos, nariz ou boca após contato com superfícies potencialmente contaminadas
(corrimãos, bancos, maçanetas etc.);

– Para quem tem problemas respiratórios, é essencial manter as roupas de camas limpas, retirar o pó da mobília e limpar o chão com pano úmido;

– Arejar sempre a casa, pois o sol e o ar evitam que vírus e bactérias se proliferem;

– Manter hábitos saudáveis, como alimentação balanceada, ingestão de líquidos e atividade física.

Texto: Secom PMU

Notícias relacionadas