Destaque Economia Expresso

Índice de Preços ao Consumidor de Uberlândia para junho mostra queda

Foto: Divulgação

Foi divulgado na tarde desta terça-feira, 11/7, o boletim sobre o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) de Uberlândia. O índice é medido pelo Centro de Pesquisas Econômico-Sociais do Instituto de Economia e Relações Internacionais da UFU (Cepes/IE). De acordo com o documento, o índice que mede a inflação de preços para o município atingiu -0,47%.

O número indica uma tendência de queda em relação ao mês anterior (0,08%). De acordo com o economista do centro Álvaro Fonseca, apesar da queda nos preços para o consumidor, os números têm de ser analisados sob uma ótica mais ampla. Segundo ele, a queda nos preços pode indicar um reflexo da tentativa dos diferentes setores de diminuir sua margem de lucro para atrair consumidores e evitar maiores prejuízos durante a crise econômica.

No relatório, destacam-se índices específicos que compõem o IPC. As maiores quedas de preço com relação ao mês de maio se concentraram nos setores de transportes (de 2,01% para -1,26%) e em habitação (-0,50% para -2,16%). Em contrapartida, os vestuários tiveram aumento de 0,15% para 2,41% no índice.

Cesta Básica

O gasto médio mensal dos uberlandenses com a cesta básica diminuiu de R$370,20 em maio para R$357,20 em junho. No caso do conjunto de alimentos que compõem a cesta básica, o preço da banana e do óleo foram os que mais caíram em relação ao mês de maio (-31,52% e -26,52% respectivamente). O feijão foi o alimento que teve a maior alta de preço, 27,56%.

Os boletins completos para junho e outros meses podem ser encontrados no site do Instituto de Economia.

Texto: Ascom UFU

Notícias relacionadas