Cidade Destaque Expresso

Você sabe qual colônia de férias vai colocar seu filho?

Foto: Divulgação

O mês de julho aparece no calendário e já começam a surgir dúvidas nos papais e mamães sobre o que vão fazer com os filhos nesse espaço de 15 dias de férias escolares. As opções são várias: viagens, casa da vó, combinar com os amigos, clube e as já consagradas colônias de férias.

Hoje, elas cresceram e estão trabalhando desde culinária a introdução de lógica de programação, isso mesmo. Aquele modelo de menino correndo de um lado para o outro e desenhando evoluiu e acompanhou as novas demandas da sociedade.

Tem colônia de férias que ensina a lógica de programação: “A nossa colônia de férias é uma forma de juntar conhecimento e diversão utilizando a tecnologia, as crianças vão ter introdução à lógica de programação por meio do Minecraft e aprender a utilizar ferramentas como YouTube” como explica Adriana Oliveira, que é proprietária de uma escola de tecnologia e inovação.

A Priscila Tavelli de Freitas, mãe do Felipe de 9 anos e do Caio de 6 anos,  levou o filho nesse colônia e relatou: “Percebi que a tecnologia virou uma aliada. Meus filhos despertaram o interesse em explorar a internet fazendo as lições e trabalhos escolares. E com isso eles vão investigando e aprendendo muito sobre todos os assuntos. A tecnologia, a internet, acabaram se tornando mais um canal de informação , só que muito mais interessante para eles!”

E ainda tem aquelas feitas por um empreendedor que buscando agregar valor ao seu negócio criou uma colônia de férias específica para atender as crianças. Falamos com o Marcelo Tamaki que é proprietário de um papelaria na cidade e realiza a colônia de férias a 3 anos, disse que: “Comecei esse projeto por meio de uma experiência incrível que tive com as crianças que estavam indo na papelaria trocar figurinhas do álbum da Copa do Mundo de 2014. Isso mesmo, começaram com 10 crianças e depois de alguns sábados já eram quase 500 crianças”

Foto: Divulgação

“A partir daí percebi que podia realizar um trabalho com elas para entender melhor as suas demandas e assim atender com produtos e serviços mais específicos e assim nasceu essa colônia de férias.”

Independente do formato a colônica surge como um espaço em que as crianças realizam atividades prazeirosas, se divertem e fazem novos amigos. Mas e o tempo que elas ficam com os Pais nas férias do meio do ano?

Por isso falamos com o Coach para Pais, Leonardo Veloso, que atua diretamente na mudança de comportamentos na relação entre Pais e Filhos. Ao questionarmos sobre o tempo dos Pais nesse período ele afirmou que: “é um momento que os Pais precisam se preparar para a mudança de rotina. Isso porque as colônias de férias acabam por utilizar os horários das aulas e a rotina para os Pais é quase a mesma, no entanto ela muda para a Criança que sente a necessidade de também estar em maior contato com eles”.

Ele sugere aos Pais que façam uma programação disponibilizando mais tempo ou mudando algumas atividades no tempo que já possuem para os filhos, fazendo com o que os pequenos realmente sintam a alegria desse período de férias.

Assim, a colônia de férias surgem como uma opção para os pais deixarem os filhos no horário de trabalho e ao mesmo tempo uma forma de explorar novas brincadeiras com os pequenos. Boas férias!!

Texto: Lorena Martins

Notícias relacionadas