Estilo de Vida Expresso

Almoço de negócios

Foto: Bruna Barcelos

Várias dúvidas surgem quando esse assunto é colocado em pauta, mas vamos tentar simplificá-lo para que as “gafes” diminuam nesse quesito. Então, muita atenção!!!

– Primeira regra: quem convida para o almoço sempre paga a conta. Afinal, quem precisa fechar o negócio deve investir um pouco. Existe uma regra que a etiqueta empresarial perdoa: dependendo da intimidade ou do grau de relacionamento entre as pessoas que estão fazendo o negócio, a conta pode ser dividida, mas, sinceramente, o ideal nessas horas é que o mais interessado “banque” o momento.
Segunda regra: escolha o restaurante certo, de preferência com boa localização, para evitar trânsito indesejado. Além disso, é muito elegante escolher um horário comum para todos os participantes.
Terceira regra: as roupas adequadas são terninhos para mulheres e ternos para homens, afinal, o almoço é de negócios, e não uma happy hour ou festa.
Quarta regra: desligue o celular ou coloque-o no modo silencioso. Jamais atenda à mesa, pois é deselegante. Isso serve tanto para a vida pessoal quanto para a profissional.
Quinta regra: escolha o menu correto. Se for o caso, procure saber do que o seu convidado mais gosta antes de agendar o almoço para não correr o risco de errar.
– Sexta regra: as conversas devem variar, porém os assuntos pessoais estão extremamente proibidos.
– Sétima e última regra: não exagere na bebida. Escolha um vinho de boa qualidade para acompanhar a refeição, mas nunca tome a garrafa inteira.

Almoços empresariais têm como objetivo estreitar relacionamento e gerar negócios. Por isso, nesse momento é bom causar boa impressão, pois você está representando sua empresa e os interesses dela. Use sempre o bom senso para não errar e boa sorte!!!!

Notícias relacionadas