Cidade Destaque Expresso

Seminário ‘Intelectuais Negras’ comemora o Dia Nacional da Mulher Negra

Minicurso, palestra e show marcam o 2ª dia do evento que tem o apoio da Secretaria de Cultura

Foto: Marco Crepaldi / SECOM – PMU

Na tarde desta terça-feira (25), aconteceu mais uma etapa do Seminário ‘Intelectuais Negras’, no bloco 3Q da Universidade Federal de Uberlândia campus Santa Mônica. O evento é uma parceria entre Diretoria de Igualdade Racial (Diigual) da Secretaria Municipal de Cultura e do Núcleo de Estudos Afro Brasileiros da instituição (Neab-UFU).

O evento é realizado em comemoração ao Dia Nacional da Mulher Negra, celebrado desde 2015 neste 25 de julho. Durante três dias (24, 25 e 26 de julho), o papel da mulher negra na sociedade é discutido. Para a diretora municipal de Igualdade Racial e diretora da Diigual, Pollyanna Fabrini, o seminário possibilita compartilhar memórias daquelas que participaram ativamente da história e que são pouco conhecidas.

“Trabalhar com essa conjuntura é muito importante, uma vez que dá pra perceber que grande parte da população desconhece os intelectuais negros e negras na história. Com o seminário, vamos trazer à tona a história dessas mulheres e não deixar com que os feitos realizados por elas caiam no esquecimento”, afirmou Pollyanna.

Foto: Marco Crepaldi / SECOM – PMU

Mais visibilidade

Ministrante do minicurso ‘Trajetórias do feminismo negro’ e palestrante da temática ‘Mulheres Negras Intelectuais e suas vivências’, a coordenadora do Núcleo de estudos afro- brasileiros da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), Kassandra da Silva Muniz, falou sobre a importância da discussão. “Trazer para um ambiente universitário a discussão sobre feminismo e as intelectuais negras é importante para dar visibilidade a essas mulheres. E além de tudo, ter a presença de negras pensando o que é ser estudante, estar no ensino superior e viver a graduação, bem como ter uma vida acadêmica, é fundamental”, contou.

Para Lauana Araújo Silva, servidora e estudante de pós-graduação da UFU, que começou a acompanhar os estudos do movimento negro e do feminismo na universidade, o seminário é fundamental para somar conhecimento. “Pra mim, está sendo uma experiência muito gratificante. Foi possível conhecer um pouco mais das intelectuais, ouvir um pouco do que é feito aqui dentro. Tivemos a possibilidade de trocar experiências e falar das dificuldades que nós, mulheres negras, encontramos no dia a dia”, relatou.

O evento acontece ainda nesta quarta-feira (25), com a exibição de Dear White People no Cine-afro debate.

Confira!

Quando: Quarta-feira (26), das 19h às 21h
O quê: Cine-afro debate com exibição de Dear White People (Queridas pessoas brancas)
Local: Auditório bloco 3Q

Texto: Bárbara Menegasso / Secom PMU

Notícias relacionadas