Cidade Expresso Foco

Empreendedorismo é trabalhado junto aos profissionais da educação

Curso oferecido no Cemepe atende 120 educadores

Foto: Araípedes Luz – Secom/PMU

Inovar é uma ação importante nos processos de aprendizagem. Diante disso, um grupo de 120 professores da rede municipal de ensino está participando do Curso Jovem Empreendedor Primeiros Passos (Jepp), a segunda etapa do programa Aprender a Fazer. Trata-se de uma proposta educacional que insere e incentiva a cultura empreendedora no currículo escolar do ensino fundamental. O primeiro encontro do curso ocorreu nesta terça-feira (8), no Centro Municipal de Estudos e Projeto Educacionais Julieta Diniz (Cemepe). A iniciativa foi possível graças a uma parceria entre as secretaria municipais de Educação e de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Turismo com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Minas Gerais (Sebrae/MG).

“Precisamos adotar características empreendedoras nas salas de aula e transformar os gargalos e desafios em soluções. Os recursos disponibilizados para os educadores precisam ser vistos de uma forma criativa, mesmo quando eles forem escassos”, disse a consultora do Sebrae/MG, Elisabete Leite.

Fundamentação metodológica

O Jepp faz parte do Programa Aprender a Fazer, composto por um conjunto de capacitações específicas e integradas, tais como palestras de sensibilização, cooperativismo, educação financeira e atividades vivenciais e formações de educadores nas metodologias que envolvem empreendedorismo. Também constam na programação os itens orientação para aplicação metodológica com alunos e monitoramento e reuniões de avaliação.

Esta etapa do Jepp consiste na capacitação dos professores e pedagogos que atuam no quinto ano do ensino fundamental das escolas municipais. Nesta fase serão abordados temas relativos à fundamentação metodológica (teorias e pedagogias educacionais, comportamento empreendedor e tipos de empreendedorismo) e planos e modelos de negócios. Para despertar o interesse dos participantes serão utilizados como materiais de apoio o Caderno do Empreendedor, quadro sinóptico, prática de oficinas empreendedoras, projeto de implantação e Feira do Jovem Empreendedor.

Aprender a Fazer

Lançado em julho, o Aprender a Fazer promove a capacitação de professores, diretores, pedagogos, coordenadores e inspetores das escolas municipais para que os profissionais possam desenvolver conteúdos relativos aos temas em sala de aula. Dessa forma, temas como empreendedorismo, educação cooperativista e educação financeira farão parte da realidade de alunos do ensino fundamental da rede municipal.

De acordo com o prefeito Odelmo Leão, o programa representa uma mudança na forma de educar. “Estamos fazendo em nossa cidade o que espero que possa se refletir no país. Se nós não mudamos nossa educação, como vamos mudar o mundo? Tenho certeza que hoje é um dia histórico, que certamente ficará marcado quando esse programa atingir toda sua dimensão. Não adianta falar que a criança é o futuro se não dermos uma perspectiva a ela. Precisamos recuperar o respeito à família, ao Brasil e é isto que estamos tentando fazer”, disse o prefeito durante a cerimônia de lançamento do programa.

 

Texto: Secom PMU

Notícias relacionadas