Expresso Foco Política

Reunião para apaziguar os ânimos

Antes do início dos trabalhos do Legislativo uberlandense nesta terça-feira (08), o presidente Alexandre Nogueira convocou uma reunião às portas fechadas com todos os vereadores para tratar de alguns assuntos, entre eles o incidente na sexta-feira com o deputado estadual Arnaldo Silva, que resultou no encerramento da sessão (ver notícia). Também tratou dos projetos do executivo. O JORNAL de Uberlândia ouviu alguns edis sobre o tema. Acompanhe abaixo as opiniões deles:

Vereador Thiago Fernandes
“O presidente convocou essa reunião para tratar, dentre outros assuntos, do ocorrido na sexta-feira (04). Ele concordou que o convidado se excedeu muito, o deputado parecia estar muito nervoso e aquela reação do deputado desencadeou reações tanto do plenário quanto da mesa diretora.
“Na reunião, nós aparamos as arestas para que a gente possa conviver bem no ambiente legislativo, saímos com a certeza de que a união é necessária para valorizar a casa.
“Mas, não podemos aceitar novamente que nenhum convidado ou qualquer pessoa que faça uso da tribuna, venha de qualquer maneira desprestigiar ou atacar qualquer vereador dessa casa. Houve um entendimento e se isso voltar a acontecer não será mais cerceado o direito dos vereadores debaterem”.

Vereador Alexandre Nogueira
“Tivemos uma reunião com os vereadores para tratar de assuntos pertinentes às reuniões do mês e alguns projetos. Hoje foram votados quatro projetos do Executivo. É importante saber que a prioridade da casa é a votação de projetos.
“O ocorrido na sexta também foi tema da reunião, pedi calma aos vereadores, pedi tranquilidade para que eles pudessem conversar mais e que a gente não tumultuasse as sessões. Houve um entendimento de todos os vereadores.
“Comunicamos aos vereadores que estou participando de encontro de presidentes de Câmaras da região do Triângulo Mineiro. Explanei sobre o seminário que vai acontecer no dia 14 e 15 de setembro em Araxá. Nesse evento faremos uma carta de intenções aos governos federal e estadual das reivindicações que temos na região. Começamos esse movimento de vereadores para tratar a região como um todo”.

Vereador Ismar Prado
“A reunião abordou vários assuntos, entre eles, não vamos por panos quentes, o ocorrido na semana passada. O Deputado veio a essa Casa, fez vários questionamentos e não teve abertura dos vereadores responderem ou questionarem.
“Sobre o ocorrido na sexta-feira, a meu ver, houve erros de todas as partes, tanto do deputado, quanto do presidente da Casa, quanto do vereador Thiago que se sentiu ofendido. Foi uma sucessão de erros, que chegou a um denominador comum e isso chega na população de forma muito ruim
“O presidente, de maneira inteligente, nos chamou para discutir sobre os projetos do prefeito e para falar sobre esse assunto específico de que Uberlândia quer é ver resultado dessa Casa de Leis. A população quer obras, transporte, saúde. Precisamos dar respostas afirmativas. O povo quer resultado do trabalho porque está cansado de ver coisas ruins no noticiário.”

Texto: Leonardo Leal

Notícias relacionadas