Cidade Expresso Foco Política

Câmara aprova testes de diabetes em recém-nascidos

Projeto da vereadora Jussara Matsuda visa o diagnóstico precoce da doença para um melhor tratamento para as crianças

Foto: Divulgação

 

Um projeto de lei que determina a realização de exame de glicemia capilar em recém-nascidos na rede municipal de saúde foi aprovado por 22 votos em primeira votação nominal nesta sexta-feira (11), na Câmara Municipal de Uberlândia. O projeto, de autoria da vereadora e médica Jussara Matsuda, visa diagnosticar casos de diabetes nas crianças e passa a integrar os protocolos clínicos de diagnóstico de doenças e seus respectivos tratamentos do Código Municipal de Saúde.

Jussara Matsuda destacou a importância do projeto uma vez que ele tem por objetivo o diagnóstico precoce de diabetes nas crianças. “Muitas famílias têm crianças com diabetes, então quanto mais cedo for feito esse diagnóstico, melhor será o tratamento para essas crianças”, afirmou.

A vereadora lembrou que a diabetes também é fator de risco para outras doenças. “As manifestações iniciais da diabetes nas crianças são pouco específicas e se parecem com as doenças causadas por uma infecção viral”, disse e acrescentou que, “o teste de glicemia capilar mede os níveis de glicose, sendo a principal forma de verificar a glicemia no sangue. É um teste simples, rápido e barato, que pode ser implantado no município sem gerar grande ônus ao erário público”.

Foto: Divulgação

Sobre os 22 votos a favor do projeto de todos os vereadores presentes no plenário, a vereadora agradeceu o apoio. “Felizmente, conseguimos ter o quórum para aprovação. Eu me emociono porque gosto muito do meu trabalho e estou aqui para defender a saúde da nossa população.

Agora, o projeto de lei 392/2017 deve passar por uma segunda votação na próxima sessão a ser realizada na quarta-feira (16), em seguida será encaminhado ao Executivo que tem 30 dias para sancioná-lo.

 

Texto: Leonardo Leal   

Notícias relacionadas