Cidade Destaque Expresso

Trecho da avenida Cesário Alvim receberá serviço de poda de árvores

Equipes estarão no local entre as 7h e 17h desta terça (15) e do domingo (20)

 
Foto: Divulgação

Nesta terça-feira (15), das 7h às 17h, o trânsito na avenida Cesário Alvim entre as ruas Caiapônia e Abdalla Haddad ficará interditado totalmente para realização da poda de uma árvore. A segunda etapa do serviço se dará no dia 20 de agosto (domingo), com interdição programada para o mesmo horário. Por ser um local com fluxo intenso de pessoas, a prefeitura optou por executar o trabalho no final de semana e no dia de Nossa Senhora da Abadia. O local estará sinalizado com cavaletes, cones e fitas zebradas durante toda a interdição.

O serviço atenderá uma demanda antiga da população do entorno que, nos últimos quatro anos, tem solicitado o serviço. “A copa está enrolada na fiação elétrica, gerando muito perigo. Os galhos também ultrapassaram os telhados das construções próximas. Tudo será feito de forma estratégica para garantir a segurança das milhares de pessoas que passam por ali todos os dias”, ressaltou o assessor técnico de Meio Ambiente, Anderson Alves de Paula

O serviço de podas vem sendo executado pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbanístico desde o primeiro semestre. O objetivo é prevenir eventuais quedas de galhos durante o próximo período chuvoso e aumentar a visibilidade e segurança nos locais. A retirada de galhos secos e frágeis diminui os índices de quedas e suas consequências. Nos primeiros meses desse ano, foram catalogadas mais de 300 árvores que caíram na cidade em decorrência de ventos e chuvas fortes.

Equipe multidisciplinar

Antes de efetivar a poda ou supressão de árvores em Uberlândia, uma equipe especializada da prefeitura, composta por biólogos, engenheiros ambientais e técnicos agrícolas fazem estudos detalhados para definir, por meio de laudos, quais necessitam de intervenção. Entre os critérios avaliados estão: galhos ou troncos com risco de queda, árvores infestadas por parasitas e copa que atrapalha a passagem de pedestres, além de espécies que atingem os postes de iluminação pública, rede elétrica ou câmeras de videomonitoramento.

Parque do Sabiá

A partir da próxima semana, será a vez do Parque do Sabiá receber os serviços de poda. Recentemente o espaço passou por vistoria técnica de uma equipe especializada da prefeitura que indicou a necessidade da intervenção. A poda está programada para acontecer em etapas, prevenindo eventuais desconfortos a quem faz uso do parque. Esta ação inicial tem previsão de durar uma semana e vai se concentrar nas árvores de médio e grande porte que margeiam a pista de caminhada, entre a portaria principal, no bairro Tibery, e o Canil da Polícia Militar.

Texto: Secom PMU

Notícias relacionadas