Expresso Ituiutaba Regional

Prefeitura inicia trabalho de conscientização sobre casos de hanseníase

Foto: Ascom Ituiutaba

Em quase todo o País, é realizado no mês de agosto, campanhas e ações espontâneas de combate a hanseníase. Com o objetivo de conscientizar a população sobre a doença e os cuidados quanto ao tratamento, a Prefeitura de Ituiutaba, por meio da Secretaria de Saúde e Unidade Mista de Saúde I, UMS (bairro Erlândia), iniciou essa semana, uma série de palestras nos PSF do município.

As palestras são acompanhadas pela equipe do Núcleo de Apoio à Saúde da Família, NASF, e segundo a coordenadora deste Núcleo, Renata Alves Cardoso, encontros são abertos a toda a comunidade, e para participar basta ficar atentos aos trabalhos dos PSF, locais onde devem acontecer as reuniões.

Foto: Ascom Ituiutaba

A Diretora da UMS I, Viviane de Oliveira Tostes Cançado, esclarece que todos os 11 Programa de Saúde da Família, PSF de Ituiutaba, receberão as orientações sobre a doença de hanseníase.

“Primeiramente procuramos agendar nos PSF o dia palestra, para que a comunidade próxima possa se programar e participar. Até o momento estivemos em dois: Pirapitinga e Setor Norte. Nestes dois locais, foram identificados, quatro casos, que estão sendo investigados minuciosamente. O certo é que Ituiutaba índice alto sobre casos de hanseníase, e por este motivo estamos promovendo estes encontros, como forma de esclarecer os cuidados com essa doença que pode ser transmissível”, explica Viviane.

De acordo com Viviane de Oliveira, nesta sexta-feira, 18, haverá reunião com palestra sobre cuidados da doença de hanseníase no PSF do bairro Sol Nascente, localizado na Rua Diva Paranaiba de Andrade, 344. Os moradores dessa região, atendidos neste PSF podem, a partir das 08h, procurar o local para assistir a palestra, com previsão de término às 09h30m.

“Em duas oportunidades que realizamos estes encontros, atendemos mais de quarenta pessoas, e sete estão sendo investigadas com possíveis possibilidades de desenvolver a hanseníase. Nestas reuniões, comparecemos com uma equipe multidisciplinar médicos, enfermeiros e oftalmologista. A participação da população é importante, e as pessoas não precisam esperar essas reuniões, e sim procurar agendar atendimento médico através de algum PSF ou a própria Secretaria de Saúde”, adianta Viviane.

A hanseníase tem cura e o tratamento é feito gratuitamente pelo serviço público de saúde. Transmitida por meio das vias respiratórias, ou seja, tosse e espirro, a pessoa doente que não realiza tratamento é a principal forma de contágio. A coordenadora do programa de controle da hanseníase no município, Josefa Genuíno, explicou que a hanseníase é uma doença curável que atinge a pele e os nervos e alertou que a pessoa que possui algum sintoma ou desconheça a doença, é importante que se informe.

 

Texto: Ascom Prefeitura de Ituiutaba

Notícias relacionadas