Cultura Destaque Expresso

Oficinas de Contação de Histórias apresentam literatura de maneira lúdica

Nesta sexta-feira (18), alunos da Escola Estadual Bom Jesus participaram da atividade na Biblioteca Municipal

Foto: Araípedes Luz – Secom PMU

Ter contato com um acervo de milhares de obras, aprender mais sobre a história da cidade e se envolver com a narração lúdica de um bom livro são algumas das sensações vividas pelas crianças que participam das Oficinas de Contação de Histórias promovidas pela Biblioteca Pública Municipal. O projeto da Secretaria Municipal de Cultura tem a intenção de apresentar toda a riqueza da literatura a estudantes de diferentes faixas etárias e realidades. Nesta sexta-feira (18), foi a vez dos alunos da Escola Estadual Bom Jesus se encantarem com a atividade.

Em aproximadamente duas horas, uma turma de segundo ano composta por alunos de seis e sete anos visitou cada sala da biblioteca. Durante todo o percurso, eles foram ouvindo as histórias por detrás da criação dos cômodos do prédio, com ensinamentos de literatura, história e cultura em geral. Também tiveram contato com curiosidades, como o acervo de livros escritos em braile.

Sempre após a caminhada pela estrutura, os alunos assistem à interpretação de algum livro infantil previamente escolhido. A narração é complementada por uma série de ilustrações, objetos e peças de origami que dão vida aos personagens.

Aprendizado para a vida

O trabalho é conduzido pela servidora da biblioteca Deysemar Bottaro. Ela define o projeto como algo além de um simples trabalho. “É muito maior do que isso. É algo que nos gratifica. Ver a curiosidade das crianças, o interesse sincero delas, é um retorno ótimo e que não tem preço”, afirmou.

O professor dos pequenos alunos que participaram da visita nesta manhã, Gilberto Francisco Timóteo, classificou a visita como muito proveitosa para a vida escolar e pessoal dos meninos. “Estas experiências ajudam muito e cabe ao professor procurar iniciativas assim para o engrandecimento deles. Vindo aqui, as crianças vão se interessar pela leitura. Elas vão aplicar isso na sua casa e incentivar a sua família a trazê-lo novamente na biblioteca”, ressaltou.

Visitas agendadas
As oficinas são permanentes e acontecem durante o ano todo por meio de agendamento. Não há restrição de escolas ou idades dos participantes. Além de escolas, o projeto se estende a qualquer grupo de crianças que manifestem vontade de participar. Até o fim deste mês, diversas instituições já agendaram a participação nas oficinas.

Oficinas de Contação de Histórias
O que é: Visitas agendadas com grupos de crianças para que conheçam a estrutura da Biblioteca e assistam à interpretação de um livro infantil
Onde: Biblioteca Pública Municipal, praça Cícero Macedo, bairro Fundinho
Agendamento: 34 3234 1600

Texto: Secom PMU

Notícias relacionadas