Destaque Expresso Painel Política

Baiano afirma que é 100% Odelmo

Foto: Marlúcio Ferreira

Baiano afirma que é 100% Odelmo, que está no grupo há 30 anos e a leitura da carta do PSDB em sessão da Câmara é motivada por ciúmes

O vereador Hélio Ferraz (Baiano), disse que está no grupo do prefeito Odelmo Leão há 30 anos, desde o tempo dos ex-prefeitos Paulo Ferolla e Virgílio Galassi. A afirmação é decorrente de uma carta enviada pela diretoria do PSDB ao prefeito Odelmo, em que o vereador se posicionou a favor da rescisão do contrato da prefeitura com um escritório de advocacia, conforme recomendação do Ministério Público Estadual. Na carta, a diretoria reforça o apoio ao prefeito Odelmo e afirma que a atitude de Baiano foi isolada e intempestiva.

Baiano destacou que votou a favor de todos os projetos do Executivo enviados à Casa de Leis nesta legislatura. “Há 30 anos estou no grupo, o Baiano é 100% prefeito Odelmo, agora quanto a alguns secretários, o Baiano não tem compromisso. Nós temos compromisso com Uberlândia que comemora 129 anos no próximo dia 31”.

Representante dos vereadores – sobre a leitura da carta pelo presidente do Legislativo, Alexandre Nogueira, durante sessão no último dia 16. Baiano ressaltou que o presidente tem que se tornar representante dos vereadores e não do Executivo. “O representante do prefeito se chama Antônio Carrijo, o presidente da Câmara é presidente dos vereadores, ele deve defender a Câmara e cumprir o seu papel”, afirmou.

Foto: Aline Rezende

Cobradores nos Ônibus – O vereador Silésio Miranda que tem defendido a manutenção dos empregos dos cobradores de ônibus nas empresas de Uberlândia apresentou projeto de lei com essa reivindicação. Entretanto, na semana passada Silésio afirmou que retira a autoria do projeto e vota a favor se o Executivo enviar um projeto semelhante garantindo a manutenção dos cobradores ou auxiliares de bordo nos ônibus de Uberlândia.

“O prefeito não pode ficar alheio às empresas retirando o posto de trabalho do cobrador em Uberlândia”, afirmou. Silésio lembrou que na cidade de Resende, foi aprovada lei do Executivo que garantiu a manutenção dos cobradores nas empresas de ônibus.

Texto: Leonardo Leal

Notícias relacionadas