Cidade Destaque Expresso

Secretaria de Agropecuária realiza ‘Espaço Gastronômico’ no Camaru

Estará disponível aos visitantes até o dia 10 de setembro

Fotos: Cleiton Borges/SecomPMU

Durante a 54º edição do Camaru, a Secretaria Municipal de Agropecuária, Abastecimento e Distritos, em parceria com a Emater, montou o ‘Espaço de Gastronomia Rural’, onde oito pequenos produtores realizam a venda de refeições. Além disso, quatro agricultores familiares e um representante da Cooperativa de Agricultores Familiares de Uberlândia e Região (Cooperaf) estão vendendo produtos orgânicos e iguarias, como doces e queijos.

Produtores de toda região também participam da feira. “Esse é um espaço divido em dois momentos: primeiro o de refeições, que são feitas pelos produtores rurais, que foram selecionados por vários critérios de qualidade. O segundo espaço é da agroindústria, que são produtores rurais que possuem algum cadastro nos serviços de fiscalização sanitária, portanto eles estão aptos para a comercialização para o público. É uma oportunidade de expor o produto”, afirma coordenadora de inspeção de agroindústria do município, Adélia Rodrigues Guimarães.

Produtores rurais

Composta por 268 produtores rurais, a Cooperaf existe há seis anos. Com a produção diversificada, vê na feira mais uma oportunidade de expor o que é produzido. “Tem banana, repolho, mamão, beterraba, mel, queijo frescal e curado, polpa de tamarindo. Com esse espaço, podemos mostrar ao público a qualidade dos nossos produtos”, afirma Ana Lúcia Honório Miranda, coordenadora da cooperativa.

Fotos: Marco Crepaldi / SecomPMU

Produtor de queijo com a certificação do Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) há apenas três meses, Patrick Rezende de Oliveira participa pela primeira vez de uma feira como essa. “Principalmente para nós, que somos novos no mercado, essa oportunidade é única. Conseguimos fazer novos contatos e as dezenas de pessoas que estão circulando pela feira estão conhecendo nossos queijos, o que é muito gratificante”, conta.

Fotos: Marco Crepaldi / SecomPMU

Gastronomia

Aos que desejam fazer uma refeição completa durante os dias do Camaru, agricultores familiares disponibilizaram diversos pratos salgados e doces para o consumo. Galinhada, estrogonofe, açaí, tortas, sorvetes e outros diversos pratos são oferecidos. “Aqui, nessa festa, representamos o município como produtor. Aproveito e uso o que produzo. As folhas e temperos são todos produzidos por mim. Ficar frente a frente com o consumidor é muito importante. Já estou ficando conhecida e conseguindo uma clientela fiel. É uma oportunidade de ouro”, afirma Luciene Nogueira.

Mini fazenda

Durante o Camaru, o público ainda tem a oportunidade de conhecer a Fazendinha com mini animais e orientações sobre plantio e armazenamento de várias espécies. O espaço está montado próximo à Arena do Rodeio e o local é uma verdadeira escola agrícola e prática para crianças e adultos. Ali são dadas diversas orientações para a produção correta de uma horta do estilo ‘Mandala’, uma espécie de plantação feita em círculos.

Fotos: Marco Crepaldi / SecomPMU

Além disso, os agentes da Secretaria de Agropecuária, Abastecimento e Distritos esclarecem diferenças entre tubérculos, furtas e legumes, mostrando as melhores formas de cultivo de cada um. Também são ensinadas as formas de evitar a contaminação do solo e riscos do uso de agrotóxicos. “Além disso, teremos três estagiárias para orientar os visitantes a fazerem a higienização e armazenamento corretos de diversos tipos de alimentos. É um algo que ensina aspectos sanitários, de agricultura e de pecuária. É um vasto conteúdo disponível para todos os visitantes”, explicou o diretor de agropecuária André França.

Fotos: Marco Crepaldi / SecomPMU

 

Texto: Secom PMU

Notícias relacionadas