Destaque Estilo de Vida Expresso

Pontualidade: uma questão de respeito

Foto: Bruna Barcelos


Você é sempre pontual nos compromissos agendados? Se sua resposta for “não”, fique atento: a falta de pontualidade pode demonstrar desrespeito por uma pessoa. E mais: tempo é um bem muito precioso e não nos cabe roubá-lo de alguém.

Reuniões

Quando você marca com alguém, você é pontual ou faz a pessoa te esperar, tomando o famoso chá de cadeira? Pois é, até nesse momento sua etiqueta está sendo analisada. Questão de respeito com quem recebe.

Sala de aula

A pior coisa para um professor é começar a aula e um aluno chegar, dar bom dia ou boa tarde. Além de cortar o raciocínio do professor, tira a atenção de outro aluno. Para evitar isso, a dica é: adiantar seu relógio para não ter fama de atrasadíssima(o), afinal, em sala de aula você está formando o seu perfil profissional.

Eventos

Palestras, casamentos, cerimônia de posse, enfim, qualquer tipo de evento sempre é marcado com quinze minutos de antecedência em relação ao horário estipulado, ou às vezes até trinta minutos. Isso é um costume que pessoalmente não aprovo. Penso que devemos acostumar as pessoas que os eventos começarão no horário marcado, respeitando quem é pontual. Isso é questão de educação e cortesia.

Visita à casa de amigos

A cultura brasileira prega que devemos marcar visitas sempre mais cedo, pois seus amigos sempre vão chegar mais tarde. Certo? Errado. A postura correta seria marcar no horário que você preferir e seus amigos chegarem na hora que você marcou. Nesse item penso que deveríamos copiar os americanos, que são extremamente pontuais. Se marcam um jantar às 22h, você deve chegar às 22h, pois os donos da casa ou anfitriões já estarão te esperando. Detalhe: tem hora pra começar e para terminar.

A questão da pontualidade deve ser levada mais a sério. Ser pontual significa ser respeitoso e respeito ao próximo é a regra nº 1 da etiqueta.

 

Texto: Bruna Barcelos
Consultora comportamental
www.brunabarcelos.com.br

Notícias relacionadas