Destaque Painel Política

Pré-candidato a governador, Márcio Lacerda visita Uberlândia

Ex-prefeito de Belo Horizonte e pré-candidato ao governo de Minas Gerais, Márcio Lacerda, esteve em Uberlândia nesta terça-feira (12)

Foto: Leonardo Leal

O ex-prefeito de Belo Horizonte e pré-candidato ao governo de Minas Gerais, Márcio Lacerda, esteve em Uberlândia nesta terça-feira (12). Ele se reuniu com diretores da CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas) em seguida visitou a Câmara Municipal, onde conversou com os vereadores sobre os problemas da administração pública, depois se reuniu no Centro Administrativo com o prefeito Odelmo Leão.

Peregrinação – Lacerda destacou que está fazendo uma peregrinação e aprendizado em todo o Estado de Minas. Na região, ele já visitou Araguari e planeja passar nos próximos dias por Uberaba, Ituiutaba e Araxá. “Respeito muito o trabalho que se faz no Triângulo Mineiro não só na gestão pública, mas principalmente no empreendedorismo, na inovação, na competitividade, no agronegócio que são orgulho não só de Minas Gerais, mas de todo o Brasil”.

Triângulo como parceiro – O ex-prefeito acrescentou que aprendeu a respeitar o Triângulo Mineiro a partir da convivência que teve com a região como empresário por cerca de 30 anos no ramo de telecomunicações. “Continuo respeitando e, caso venha a ser governador, terei sempre o Triângulo como um parceiro importante em soluções para Minas Gerais e que tenha a atenção adequada também do Estado. Pretendo ter o Triângulo como parceiro na formulação de soluções para o programa de governo”, afirmou.

Estado falido – Em relação ao governo de Minas, Lacerda disse que é um governo falido nas suas finanças. “O Estado foi quebrado, o próximo governador será muito cobrado porque terá que fazer um trabalho difícil de sacrifício para colocar as finanças em ordem. Mas terá que fazer isso sendo um grande estimulador do desenvolvimento econômico, porque sem desenvolvimento econômico, geração de riqueza e empregos, não teremos arrecadação, não teremos impostos. Portanto, não teremos finanças do Estado em ordem”.

Projeto – A proposta do ex-prefeito é melhorar a gestão, ter uma ação política inclusiva para que regiões como o Triângulo participem efetivamente da gestão. “O Estado tem que ser um grande indutor do desenvolvimento econômico. O papel do futuro governador terá que ser principalmente de secretário do Desenvolvimento Econômico”.

Reunião – Durante a reunião na CDL, O presidente Cícero Novaes, afirmou que a classe política precisa entender as reivindicações do empresariado. “Política é importante para todos. É um prazer receber o Márcio Lacerda e se for governador, terá nosso apoio caso direcione o governo para as condições que nós impusemos aqui na reunião”, disse.

Texto: Leonardo Leal

Notícias relacionadas