Destaque Expresso Jurídico

VIVA O ANO NOVO!

Vamos antecipar 2018 para 22 de setembro de 2017

Sebastião Barbosa e Silva Junior, advogado. Foto: Divulgação

Alguém por aí está com vontade de este ano terminar logo?

Mesmo que seja uma falsa impressão de que um próximo ano será melhor, ainda compensa arriscar.

Então vamos fazer uma “força-tarefa” para acabar com este 2017 – já deu o que tinha que dar.

Podemos aproveitar o encerramento da gestão do Procurador-Geral Janot, do final desse  “INVERNO TERRÍVEL”, e fazer algo espetacular:  um novo Réveillon na passagem das 17h00 para as 17h02 do dia 22 deste mês de setembro, quando começa a PRIMAVERA.

Assim, podemos usar o “restinho” de combustível de esperança para renovar nossos projetos e voltar a sonhar com um Brasil melhor “no ano que vem”.

Estamos precisando urgentemente desse “empurrão”, tem que ser agora! Então: VIVA O ANO NOVO!

Precisamos dos preparativos, trocaremos a roupa branca por uma Verde e Amarela e as músicas animadas de carnaval, pelo Hino Nacional.

As promessas não poderão limitar-se às nossas metas de emagrecer, trocar de carro, de casa, parar de fumar ou trocar de emprego, mas têm que ir além, num senso comum de que, para termos uma fase virtuosa, não bastará torcer para o Brasil ganhar a copa em 2018, mas sim para que o POVO ganhe a ELEIÇÃO em 2018.

Afinal, o Brasil está a menos de um ano das convenções partidárias que lançarão os próximos candidatos. Nas eleições gerais que acontecerão no Brasil, os brasileiros vão às urnas para eleger seus representantes para os seguintes cargos:

– presidente da República;

– governadores;

– senadores;

– deputados federais;

– deputados estaduais/distritais.

As siglas políticas poderão se reunir entre 20 de julho e 5 de agosto de 2018 para definir as chapas, que deverão ser inscritas até o dia 15 de agosto. O primeiro turno das eleições será em 7 de outubro.

Antecipando a “passagem do ano”, aproveitaremos o “espírito da primavera”, o fortalecimento dos nossos ideais,  seremos mais “rápidos” do que os políticos, especialmente, os candidatos para o próximo pleito. Teremos UM ANO, começando agora na primavera, para nos preparar bem e ganhar esta COPA POLÍTICA: Brasileiros x candidatos corruptos.

Certamente ELES – usuários do colarinho branco –  serão os únicos que vão rir da proposta de acabar com 2017 “antes da hora”, jamais vão participar desse movimento e vestir o Verde e Amarelo, pela simples razão de que não daria tempo de aprovar a reforma política que pretende instituir o Fundo Especial de Financiamento da Democracia, que em 2018 levará R$ 3,6 bilhões do Orçamento da União.

Tudo bem, os brasileiros estarão sozinhos nessa “força-tarefa”, mas, antes só do que mal acompanhado.

Viram como é possível, sim, usar a imaginação e o bom humor para dar um suspiro de pausa e retomar, com passos firmes, essa árdua jornada de SER BRASILEIRO?

FELIZ PRIMAVERA!

Texto: Sebastião Barbosa e Silva Junior

Notícias relacionadas