Expresso Regional Uberaba

Dia Nacional da Luta da Pessoa com Deficiência é comemorado em Uberaba

A ação reuniu crianças com alguma deficiência e familiares numa série de atividades, na Praça Rui Barbosa

Foto: Neto Talmeli

A Secretaria de Desenvolvimento Social, por meio do Departamento de Proteção Básica e a Seção de Apoio a Pessoa com Deficiência realizou nesta quinta-feira (21) uma grande mobilização em comemoração ao Dia Nacional da Luta da Pessoa com Deficiência. A ação reuniu crianças com alguma deficiência e familiares numa série de atividades, na Praça Rui Barbosa.

O evento teve como objetivo trabalhar a prevenção contra a exclusão dessas crianças em ambientes de convívio social, como por exemplo, as escolas. Alunos da Apae e das Escolas Dulce de Oliveira e Abrace fizeram apresentações de dança e canto para o público. Oficinas de artes também foram ministradas pelas coordenadoras do Nip (Núcleo de Iniciação Produtiva) da Seds.

O secretário de Desenvolvimento Social Marco Túlio Cury disse que a data chama atenção da Comunidade para a causa e que a inserção das pessoas com deficiência é responsabilidade de toda a sociedade e não apenas do poder público. “A comunidade de um modo geral precisa compreender que estas pessoas são cidadãos como todos nós, com seus direitos e deveres e que precisam de oportunidades, seja na escola, no mercado de trabalho, etc. Não adianta investir em acessibilidade se a própria sociedade não acolher essas pessoas”, enfatizou.

Foto: Neto Talmeli

Durante o encontro, o presidente da Transube, Rodrigo Oliveira e o superintendente do Transporte Coletivo da Secretaria de Defesa Social, Trânsito e Transporte, Claudinei Nunes falaram sobre os investimentos da Prefeitura de Uberaba e das empresas responsáveis pelo transporte público no município, em acessibilidade e o benefício da tarifa gratuita para os portadores de deficiência.

A chefe da Seção de Apoio à Pessoa com Deficiência, Ercileide Laurinda da Silva comemorou o sucesso do evento e a participação da população. Segundo ela, a maior barreira da inclusão ainda é o reconhecimento do deficiente como pessoa. “As escolas, as empresas ainda não estão preparadas estruturalmente e profissionalmente para receber o portador de deficiência é preciso investir nisso. É dar oportunidade igual, embora eles sejam diferentes, porque todo ser humano tem suas capacidades e limitações”, concluiu.

O vice-prefeito João Gilberto Ripposati esteve no evento representando o prefeito Paulo Piau e ressaltou a importância das discussões sobre o tema. Ripposati falou que governo municipal deve continuar buscando políticas públicas que ofereçam mais dignidade e igualdade pra essas pessoas. “A questão da acessibilidade, ainda precisa ser vista na nossa cidade, é preciso fazer mais para que essas pessoas tenham condições de viver e ser respeitadas na sociedade, porque são seres humanos de valor e precisamos reconhecer isso em todos os momentos”, concluiu.

 

Texto: Secom Uberaba

Notícias relacionadas