Cultura Expresso Foco

Cineclube deste sábado (23) tem drama e cultura com obra inglesa

‘Meu nome é Joe’ começa às 20h na Oficina Cultura

Foto: Divulgação

Um drama envolvente com boa dose de romance é a pedida certa para quem quer um programa de qualidade neste sábado (23). A partir das 20h, a Oficina Cultural exibe gratuitamente mais uma edição do Cineclube Cultura, com o filme ‘Meu nome é Joe’, do cineasta britânico Kean Loach. O tradicional evento é uma realização da Secretaria Municipal de Cultura.

A obra é considerada um filme de simples entendimento, mas que possui, ao mesmo tempo, um forte discurso carga social, onde o cenário é uma Inglaterra em crise na passagem do milênio, no qual os empregos mais seguros parecem ser na assistência social e nos programas de combate à pobreza.

Alcoolismo e amor

O filme se passa na área mais pobre de Glasgow, onde vive Joe Kavanagh (Peter Mullan), um homem desempregado que parou de beber há dez meses e frequenta o Alcóolicos Anônimos. O protagonista tenta continuar afastado de bebidas alcoólicas, mas ainda está muito enfraquecido por caóticos anos de alcoolismo.

Apesar disso, ele está cheio de energia e determinado a viver plenamente a vida. Treina o pior clube de futebol de Glasgow, uma equipe que tenta recuperar jovens da dependência química, ex-delinquentes e desempregados. Esta é a única forma de manter longe os fantasmas de seu passado.

Até que Sarah (Louise Goodall), uma assistente social introvertida e independente, surge em sua vida. Eles se sentem atraídos e, entre eles, surge um poderoso romance. É aí que a vida dos dois começa a mudar.

Prestigie!

O quê: Cineclube Cultura com exibição de ‘Meu nome é Joe’ (My name is Joe – Bélgica/1998, cor, 105 min), do cineasta britânico Kean Loach

Quando: sábado (23), a partir das 20h

Onde: Sala Roberto Rezende – Oficina Cultural, que fica na praça Clarimundo Carneiro, 204, bairro Fundinho

Entrada gratuita

 

Notícias relacionadas