Destaque Expresso Games

O poderoso “FIFA18” está chegando!

Foto: Divulgação

Com um novo motor gráfico e a promessa de dar vida aos jogadores, vem aí mais um simulador do esporte mais popular do mundo. E como disse na coluna do PES 2018, não apenas como o esporte mais popular, mas provavelmente o game mais procurado nas terras brasilis. Sim, ele, o “FIFA18”.

Confesso, é muito legal ver a evolução dos jogos de futebol. Principalmente dos FIFA e PES. Se na época do “PES” (Internacional Superstar Soccer) a seleção canarinho tinha o poderoso atacante Allejo, nos “FIFA Soccer” era o Mancuso que mandava na banheira do time brasileiro. O “FIFA Internacional Soccer 94” foi lançado, no Brasil, para Mega Drive/Master System e SNES, no mesmo ano do nosso saudoso tetracampeonato mundial, e foi o precursor de toda a série. Com um sistema de som diferenciado, simulando a torcida no estádio e os telões comemorativos pós-gols, o “FIFA 94” virou um clássico.

Posteriormente, vieram diversas versões interessantes, com adaptações aos sistemas de motores gráficos para cada época e plataforma. A de 1998, “Road to World Cup”, tinha, além de uma introdução marcante, batalhas épicas entre as seleções do Brasil e da Alemanha. Por falar em trilha sonora nostálgica, quem não se lembra desta?

Introdução “FIFA 98 RTWC”, épica!

Mas uma edição que me atraiu muita atenção foi a de 2012. Foi a versão que muito entusiasta desse estilo de jogo achava que era a edição definitiva. Os times presentes no game eram atualizados semanalmente e ainda era possível fazer as partidas que seu time favorito iria jogar naquela semana, na vida real! Era demais!

Novidades – A EA Sports vem apostando, desde a versão 17, na tecnologia Frosbite, motor gráfico que fez bastante sucesso nos últimos jogos da série “Battlefield” ou no “Star Wars Battlefront”. Com tecnologia de captação da movimentação real dos jogadores, a publisher promete gerar movimentos mais dramáticos e climas mais imersivos nos estádios disponíveis.

Outra novidade é a continuação do modo história, uma interessante jornada com Alex Hunter, personagem do qual o jogador acompanha toda a carreira, desde pequeno, em equipes juvenis até a sua contratação para uma grande equipe (Chelsea, de Londres).

Uma curiosidade que pode não agradar muito os fãs brasileiros é que, apesar de o jogo ser oficialmente licenciado pela toda poderosa FIFA, os times brasileiros não ganharam licença para uso de imagem de seus jogadores. São dezoito times nacionais, mas sem o uso dos nomes dos nossos craques do Campeonato Brasileiro. Essa licença foi exclusivamente adquirida pelo seu arquirrival PES 2018. Entrando nessa comparação entre os dois grandes jogos do gênero, tive acesso às demonstrações dos dois games e posso dizer que cada um tem seus pontos fortes.

A EA Sports vai oferecer três versões do jogo: uma standard de entrada; a edição Ronaldo (o português, melhor jogador do mundo, Cristiano Ronaldo), que dá acesso antecipado ao jogo; e a versão Ronaldo Nazário (nosso Ronaldo Fenômeno), por empréstimo no “Ultimate Team”. O game, com narração de Tiago Leifert e comentários de Caio Ribeiro, vai ser lançado dia 29 de setembro para PS4/PS4 Pro, XboxOne/XboxOneX, PC/Origin e para o Nintendo Switch.


Texto: Lucas Luz

Notícias relacionadas