Esportes Expresso Foco

Futel oferece treinamento funcional no Parque do sabiá e em seis polis

Atividade favorece na redução de peso, ganho de força e melhoria na qualidade de vida

Patrícia Amorim e Weder Vasconcelos conseguiram redução de peso fazendo atividade física. Foto: Comunicação/Futel

Atividades físicas como treinamento funcional e ginástica dançante – oferecidas gratuitamente pela Fundação Uberlandense do Turismo, Esporte e Lazer (Futel)  no Parque do Sabiá e em seis poliesportivos da cidade -, têm contribuído para melhorar a qualidade de vida de muita gente. São pessoas como Patrícia Amorim Rodrigues e Weder Vasconcelos. A auxiliar de serviços gerais e o pintor chegaram a eliminar 53 e 20 quilos, respectivamente, após a prática de exercícios e a inclusão de hábitos saudáveis na rotina diária.

“Eu era outra pessoa. Me sentia sem ânimo, sem vida. Meu peso era 132 e atualmente estou com 79 quilos. Essa mudança me trouxe de volta à vida, graças ao incentivo que recebi em casa e aqui na ginástica dançante e no funcional”, disse Patrícia, de 38 anos. Ela conta que apesar das dificuldades, não esmoreceu. “O início foi muito difícil, mas meus filhos, amigos e professores aqui do poli não deixaram que eu desistisse. Agradeço a todos, principalmente à Prefeitura de Uberlândia e a Futel, que oferecem atividades físicas de graça nos bairros e levam mais qualidade de vida para nós”, disse a auxiliar de serviços gerais.

Mudança

O pintor Weder Vasconcelos, de 36 anos também tem uma história parecida. Trabalhar como pintor estava difícil, já que o sobrepeso dificultava as subidas em escadas ou andaimes e trazia incômodos quando tinha que ficar muito tempo agachado. “Minha altura é 1m73 e com todo este peso (95kg) era difícil fazer muita coisa, principalmente no serviço. Então resolvi fazer essa mudança por mim mesmo. Aqui no poli São Jorge frequento a ginástica dançante e o treinamento funcional, mudei minha alimentação e hoje tenho muito mais disposição. Considero muito importante este programa da Futel, que leva atividades físicas variadas aos poliesportivos”, contou.

Além do São Jorge, o funcional acontece nos poliesportivos do Luizote de Freitas, Dona Zulmira, Jardim América, Jardim Brasília e Tancredo Neves, enquanto a ginástica dançante é realizada em todos os polis.

Atividade intensa

De acordo com umas das professoras da Futel, Lívia Tozato, o treinamento funcional tem foco no desenvolvimento integrado das capacidades biomotoras, promovendo a melhora do equilíbrio, postura, fortalecimento dos músculos e aparelho cardiorrespiratório. “Por ser uma atividade intensa, a resposta do corpo é muito rápida”, destacou.

Para fazer o treinamento funcional, a pessoa deve se inscrever no local de seu interesse, apresentar comprovante de residência e atestado médico. Já para a ginástica dançante não é necessário fazer matrícula, basta ir ao local e participar das aulas.

Confira dias e horários das atividades:

Treinamento funcional

Poli São Jorge

Segunda e quarta – 8h

Terça e quinta – 18h30

Poli Tancredo Neves

Terça e quinta – 8h

Poli Jardim Brasília

Segunda e quarta – 8h

Poli Jardim América

Terça e quinta – 8h

Poli Dona Zulmira

Terça e quinta – 18h30

Poli Luizote de Freitas

Segunda ou quarta – 18h30

Parque do Sabiá

Terça, quinta e sexta – 7h e 8h

Segunda, quarta e sexta – 17h45 e 18h40

A ginástica dançante acontece de segunda a sexta-feira às 18h30. Nos poliesportivos as aulas são realizadas em horários variados (para mais informações, ligue no poliesportivo desejado)

 

Texto: Secom PMU

Notícias relacionadas