Expresso Foco Segurança

Polícia Civil investiga sequestro de 24h contra empresário do mercado financeiro

A vítima foi liberada no dia seguinte na BR-365 e um morador das Mansões Aeroporto, acionou a Polícia Militar ao ouvir os pedidos de socorro.

A Polícia Civil investiga um sequestro de 24 horas ocorrido com um empresário de 27 anos, do ramo de moedas eletrônicas (bitcoin), ocorrida no sábado (27) em Uberlândia, após o mesmo ter realizado uma palestra para investidores sobre o negócio em um hotel no bairro Tibery (zona leste).

De acordo com o boletim de ocorrência, o sequestro ocorreu por volta das 4h30 de sábado, após uma confraternização em um imóvel do bairro Mansões Aeroporto (zona leste). O empresário foi liberado 24 horas depois do sequestro na BR-365. Um morador das mansões Aeroporto, acionou a Polícia Militar ao ouvir os pedidos de socorro. Além de sintomas de estar dopado, a vítima apresentava escoriações e hematomas.

Segundo o relato do empresário à Polícia, os sequestradores deram um líquido para ele beber, colocaram um capuz em sua cabeça, amarraram pés e mãos e o ameaçaram na tentativa de descobrir a senha de transferência bancária. O sequestro aconteceu após a confraternização, quando o empresário conversava com algumas pessoas do lado de fora de um restaurante das mansões Aeroporto. Nesse momento um veículo Uno Vivace de cor cinza, com dois indivíduos se aproximou deles, o passageiro desceu encapuzado e portando uma arma de fogo foi em direção ao empresário, atirou para o alto e o sequestrou.

Uma testemunha disse que o empresário deixou cair um celular ao perceber o homem armado, todavia o mesmo mandou ele recolher o aparelho. Ao seu advogado, o empresário disse que estava sendo seguida durante a sua estadia em Uberlândia e chegou a anotar as placas de alguns veículos suspeitos.

Texto: Redação

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta