Cultura Destaque Expresso

Uberlândia comemora Dia da Leitura com ações para democratizar o acesso aos livros

Prefeitura executa e apoia várias ações de fomento, como é o caso do ‘Ler com prazer’

Foto: Araípedes Luz – Secom PMU

Nesta quinta-feira (12), o Brasil comemora o Dia Nacional da Leitura, um hábito que gera uma inesgotável fonte de prazer e sabedoria a todos os seus praticantes. É por entender a importância deste costume para a formação de cidadãos cada vez mais cientes da sua própria importância no mundo, que a Prefeitura de Uberlândia, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, apoia atividades voltadas ao fomento da leitura e desenvolve o programa ‘Ler Com Prazer’, uma série de ações para democratizar o acesso a livros e incentivar a criação de novos leitores.

O programa é composto por vários projetos voltados a diferentes perfis (crianças, adultos, profissionais de empresas etc), mas com o objetivo idêntico de disseminar a necessidade de ler constantemente. São políticas e investimentos que fomentam a difusão das obras literárias.

Denise Carvalho, administradora da Biblioteca Municipal e responsável pelo andamento das ações, explica que esse trabalho é capaz de transformar a vida das pessoas e, consequentemente, da sociedade como um todo.

Ainda conforme Denise, todos os projetos buscam ampliar o alcance da Biblioteca, que conta com um acervo de 43 mil obras. “Procuramos colocar o livro o mais perto possível do leitor que não pode ir até nós. Queremos manter o hábito em quem já é um leitor e também criar esse costume em quem ainda não tem”, contou.

Veja alguns dos projetos executados dentro do programa ‘Ler com Prazer’:

Foto: Araípedes Luz – Secom PMU

> Ônibus Biblioteca – Imagine uma verdadeira coletânea itinerante cheia de obras de qualidade indo até vários pontos da cidade. Esse é o Ônibus Biblioteca, um veículo adaptado com prateleiras de livros que atua em dez bairros do município, com visitas quinzenais, atendendo a uma média de 4.000 pessoas por mês. Mais informações aqui.

> Carro Biblioteca – O Carro Biblioteca é uma Kombi com caixas repletas de exemplares, estacionada quinzenalmente em frente à entrada que dá acesso à plataforma de atendimento do Centro Administrativo. A intenção é fomentar o acesso, o gosto e o hábito da leitura em servidores municipais.  O trabalho foi criado na primeira gestão do prefeito Odelmo Leão (2007) e foi reativado pela Secretaria Municipal de Cultura no início deste ano. Mais informações aqui.

> Caixa Estante – Um acervo de 150 livros, emprestado às instituições privadas ou públicas para incentivar os profissionais a lerem. O projeto prevê que, ao solicitar a caixa, o responsável pela empresa possa especificar os títulos e gêneros que deseja receber. Atualmente, existem caixas em quatro instituições da cidade, que ficam, em média, quatro meses com as obras. Mais informações aqui.

> Mini-Bibliotecas nos terminais de ônibus – Quem for às estações um, três, cinco e 11 do corredor de ônibus da avenida João Naves de Ávila, além dos terminais dos bairros Planalto e Umuarama, terá acesso a prateleiras de livros que poderão ser levados gratuitamente para a casa. A proposta é que ao término da leitura, o livro seja devolvido em qualquer estação que tenha as estantes para que mais crianças, adolescentes, adultos e idosos possam utilizá-lo. Mais informações aqui.

> Contação de Histórias – Para apresentar a criança ao mundo mágico dos livros, é realizada a contação de histórias na Biblioteca Municipal. O trabalho é executado por profissionais especializados que transformam aquela experiência em inesquecível para as crianças. Em caso de solicitações, os profissionais da Biblioteca também vão até as escolas da rede pública realizar o projeto.

> Momento Literário – Trata-se de uma interação entre algum escritor local e o seu leitor, por meio de  debates e palestras em escolas. Esse projeto pode ser feito de diferentes formas, mas acontece mediante solicitação dos próprios escritores.

 

Texto: Secom PMU

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta