Cidade Expresso Foco

Banda Municipal integra programação da Semana da Criança em escolas municipais

Diversas atividades são desenvolvidas para aproximar ainda mais a comunidade das instituições

Foto: Araípedes Luz – Secom/PMU

Nos momentos que antecedem o Dia das Crianças, várias instituições da rede municipal de ensino diversificam a programação para movimentar ainda mais as ações junto à comunidade. Nessa terça-feira (10), foi a vez da Escola Municipal de Educação Infantil (EMEI) Jornalista Luiz Fernando Quirino, no bairro Jardim Célia. Entre as atividades realizadas, destaque para a apresentação da Banda Municipal de Uberlândia.

Ao todo, 430 crianças de até 6 anos participaram das ações nesta segunda e terça-feira no período da manhã e da tarde. Para a supervisora da instituição, Eliane Elias, as atividades servem para estreitar ainda mais a relação entre a escola e a comunidade.

“É um evento muito significativo, pois é uma maneira de retribuir a toda a comunidade, a trazendo para dentro da escola. Fazemos essas atividades para movimentar e mostrar de perto como é feito nosso trabalho, envolvendo todos os servidores, incluindo desde o pessoal da cozinha, educadores e alunos. Montamos um cinema na parte interna, promovemos brincadeiras, gincanas, com dinâmicas, brinquedos, e ter a banda municipal presente na escola também é muito importante”, afirmou.

Aos seis anos, Anderson Pereira Batista aproveitou para compartilhar com a família as atividades que participou na escola. “Achei muito legal. Hoje me fantasiei para o Halloween, pintei meu braço, joguei basquete e todos se divertiram muito com isso, tanto minha mãe e meu padrasto quanto meu irmão”, detalhou.

Foto: Araípedes Luz – Secom/PMU

Banda Municipal de Uberlândia

Dos mais de 60 anos da Banda Municipal em Uberlândia, 14 deles contaram com o maestro Renato Carrijo. Para ele, participar da programação da Semana da Criança é mais uma forma de ampliar ainda mais a história do grupo no cenário local.

“É uma oportunidade de levar cultura para essas crianças. Passamos por várias instituições durante esses dias e os alunos sempre adoram, ficam interessados e interagem conosco. É um sentimento muito sincero com os músicos e isso também nos aproxima ainda mais”, destacou.

 

Texto: Secom PMU

 

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta