Destaque Expresso Política

Lideranças do G7 comentam visita de Bolsonaro a Uberlândia

Representantes das entidades locais destacaram que o discurso do deputado foi esclarecedor

Foto: Mauro Marques

Na quinta-feira (19), o deputado federal Jair Bolsonaro esteve em Uberlândia a convite do G7 para apresentar suas opiniões sobre o cenário político atual e suas propostas numa possível candidatura à presidência.

O G7 é formado pelos dirigentes da Aciub, CDL, Conselho de Veneráveis, Fiemg, OAB Uberlândia, Sindicato Rural e Sociedade Médica.

Quatro integrantes do G7, falaram a O JORNAL de Uberlândia sobre a palestra de Bolsonaro. Eles destacaram a honestidade e transparência do deputado e o fato dele levantar uma bandeira de mudança. Confira abaixo as opiniões de cada um.

Foto: Mauro Marques

 

Cícero Heraldo Novaes, presidente da CDL

“A candidatura do Bolsonaro é válida. Ele é uma pessoa que fala muito o que o brasileiro quer ouvir. Ele fala a verdade, pontua tudo aquilo que a gente sente, mas muitas vezes se cala. Hoje no Brasil, o domínio do politicamente correto é que manda e todos os problemas recaem numa classe política que transforma mentiras em verdade e por tanto falar o povo acaba acreditando”.

“O povo brasileiro está merecendo uma mudança. Acredito que ele é um dos que levanta essa bandeira, porém temos que analisar os demais candidatos que podem, entre eles, ter algo a contribuir”.

Eduardo Braga – presidente da Sociedade Médica

“O deputado Bolsonaro é uma pessoa transparente honesta que sabe reconhecer os seus limites. A sua área de atuação. Ele me colocou que não domina todas as áreas, mas a proposta dele é que as indicações das pessoas chaves para estes cargos são pessoas técnicas, capacitadas e não indicações políticas que muitas vezes não se traduz em efetividade”.

“Temos uma pessoa que mostra transparência, honestidade, um desejo de modificar o status quo que temos hoje no Brasil de ineficiência, indicações políticas, esse sistema toma lá da cá, em que cada um visa seu próprio benefício seria um grande desperdício para o povo brasileiro não fizesse essa escolha”.

Everton Magalhães, presidente da Fiemg

“A visita do deputado BoIsonaro a Uberlândia é importante para as entidades. Ele foi muito esclarecedor, a gente vê que ele entende da matéria, dado os problemas que nos atravessamos hoje”.

“O que mais gostei é que ele é uma pessoa fácil de lidar, mais franco, mais objetivo. Ele não é político é mais técnico. Acho que o Brasil está precisando disso. Vamos aguardar até 2018 e ver outros presidenciáveis que vem a Uberlândia para discutirmos com eles também”.

Ângela Botelho, presidente da OAB, Subsecção de Uberlândia

“Ele é um dos políticos que foram convidados para estar na cidade para debater com o G7. Estamos com agenda para outros candidatos envolvidos na política nacional e estadual para que possam falar para a sociedade uberlandense e ser esclarecedores. Responder indagações para cada eleitor ter noção de quem são os possíveis candidatos para o próximo ano”.

“Cada político tem a sua posição de forma conceitual e de concepção, mas isso não impede que a gente avalie também as posições positivas que cada eleitor venha a entender e as negativas. Estamos aqui para falar política porque nossa vida na sociedade em geral é envolvida na política partidária quanto institucional”.

Texto: Leonardo Leal

Notícias relacionadas