Expresso Foco Política

É questão de consciência

Globo está devendo muito, tanto dos impostos atrasados como dos seus compromissos.

Foto Daniela Braga

E escolheu o caminho errado para sua sobrevivência.

Achou que se colocando contra o governo e apostando na volta do Lula, da Dilma e do PT iria conseguir derrubar o Temer ou levar alguma vantagem…

Deu errado.

Enveredou pelo falso jornalismo sensacionalista e faccioso, mostrando só o que lhe interessa.

Novelas de sexo explícito e afrontas à família, à sociedade, às religiões e aos bons costumes. Com seus autores comportando-se como os piores comportamentos morais e o que há de mais sujo e nojento da raça humana.

E o nosso povo, que tem a índole ordeira e com forte conduta ética, moral e religiosa, está pedindo por um basta.

Chega.

Não dá mais para ver tantos desmazelos, tantos desmandos, tantas afrontas, tantos ataques gratuitos a todos.

Ela vai pagar caro por tudo isso.

Poderá até deixar de existir.

Eu, que nunca perdi um programa do Fantástico aos domingos, dia 15, Dia do Professor, não liguei a TV.

Assim como eu, milhares de brasileiros fizeram seu protesto.

Ou eles mudam suas condutas ou não terão mais minha audiência.

É questão de consciência.

 

Texto: Francisco Humberto de Freitas Azevedo (Chico Humberto)
Médico e ex-deputado Federal.
Morando em Brasília desde 2005, tem atuado na área da saúde onde desenvolve uma medicina integrativa funcional no Instituto de Medicina Biológica.
Também é autor do livro: Nutrologia essencial contra o Câncer, uma doença metabólica.

Notícias relacionadas