Cidade Destaque Expresso

Analistas e auditores da Receita Federal paralisam atividades por 24h

Em Uberlândia e região, 50 analistas tributários e 40 auditores fiscais aderiram à paralisação.

Foto: Leonardo Leal

Cerca de 7 mil analistas tributários e 12 mil auditores fiscais fazem uma paralisação de 24h nesta quarta-feira (25), devido ao não cumprimento do acordo salarial firmado com o governo federal em março de 2016. Cinquenta analistas e 40 auditores aderiram à paralisação na região de Uberlândia e mais de 40 cidades estão sem atendimento, segundo o Sindireceita.

O delegado do Sindireceita em Uberlândia, Renato Celso Cardoso disse que desde 2014, a categoria não tem reajustes de salários. “Há um ano e meio foi feito o acordo entre os dois sindicatos e o governo, o Ministério do Planejamento disse que vai cumprir agora no dia 31 de outubro, caso não aconteça haverá uma paralisação maior, a partir de novembro”, afirmou.

Na delegacia da receita em Uberlândia, os serviços de atendimento estão paralisados. Também não estão sendo emitidas certidões negativas e de regularidade; restituição e compensação; inscrições e alterações cadastrais; regularização de débitos e pendências; orientação aos contribuintes; parcelamento de débitos; revisões de declarações; análise de processos de cobrança; atendimentos a demandas e respostas a ofícios de outros órgãos, entre outras atividades.

Nas unidades aduaneiras, os Analistas e Auditores também paralisaram as atividades na Zona Primária (portos, aeroportos e postos de fronteira), nos serviços das alfândegas e inspetorias, como despachos de exportação, verificação de mercadorias, trânsito aduaneiro, embarque de suprimentos, operações especiais de vigilância e repressão, verificação física de bagagens, entre outros.

Texto: Leonardo Leal

Notícias relacionadas