Destaque Esportes Expresso

Encerramento da Olimpíada do Idoso é marcado por comemorações

Cerca de 500 idosos participaram das disputas

Foto: Divulgação

A 7ª edição da Olimpíada do Idoso chegou ao fim nesta quarta-feira (25) com muita festa. O encerramento foi feito no 36º Batalhão de Infantaria Motorizado (Bimtz), com direito a acendimento da pira olímpica, entrega de medalhas e homenagens. O torneio promovido pela Secretaria de Desenvolvimento Social, Trabalho e Habitação teve início em setembro e contou com a participação de mais de 500 atletas.

Aos 68 anos, Edivaldo Dias demonstrou muita vitalidade ao participar dos torneios de chute a gol e basquete. Ele frequenta o Centro Educacional de Assistência Integrada ao Idoso (Ceai) do bairro Laranjeiras, gosta de futebol, assume ser torcedor do time do Cruzeiro, mas foi a primeira vez que jogou bola em uma disputa. “Foi tão bom que já estou esperando a próxima. Nesta não ganhei medalha, só que ainda terei a minha”, contou.

Foto: Divulgação

Quem também gostou de participar da Olimpíada foi Alzanir da Conceição Bernardes, frequentadora do Ceai Laranjeiras. Jogadora amadora de truco, ela aproveitou a experiência que adquiriu no carteado com seu marido e participou da competição ao lado dos amigos. “Foi um privilégio, uma bênção participar da Olimpíada. A gente fica mais animada pra vida, alegre e disposta”, disse.

Foto: Divulgação

As modalidades disputadas nesta edição foram arremesso à cesta de basquete, chute a gol, sinuca, truco, dominó, dama e boliche. As disputas foram uma mistura de alegria, integração, expectativa e dedicação.

“Promovemos a Olimpíada do Idoso como forma de motivar todos aqueles que já passaram dos 60 anos e ainda esbanjam muita vitalidade. Queremos oferecer a eles uma vida com mais qualidade e para que eles não percam as alegrias que virão”, explicou a secretaria de Desenvolvimento Social, Trabalho e Habitação, Iracema Marques.

 

Texto: Secom PMU

Notícias relacionadas