Expresso Nacional

Haddad afirma a Marinho que não concorrerá ao Senado

O ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad informou nesta segunda-feira (30) ao presidente estadual do PT, Luiz Marinho, que não disputará uma vaga ao Senado.

Foto: Divulgação

Quando sondado por Marinho, Haddad disse que não disputaria contra o vereador Eduardo Suplicy. Assim, mantida a candidatura de Suplicy, o ex-prefeito não concorrerá ao cargo.

Há cerca de dois meses, Haddad foi sondado pelas bancadas municipal e estadual sobre sua disposição de se candidatar ao governo.
Durante um almoço, o ex-prefeito informou a Marinho que o apoiaria na corrida pelo Palácio dos Bandeirantes.

Temendo um movimento de militantes pelo nome de Haddad, Marinho se apressou e antecipou o lançamento de sua candidatura ao governo, programado para o dia 1º de dezembro.

Nesta segunda-feira (30), a bancada do partido se reuniu para definição de um cronograma.

Há, porém, quem acredite que Haddad poderá disputar, a pedido do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, caso Marinho não decole até junho de 2018.

Texto: Folhapress

Notícias relacionadas