Destaque Expresso Moda

5 coisas (de moda) que aprendi morando no Canadá – Parte 2

Continuando a lista das 5 coisas que aprendi no Canadá, segue a parte 2 da coluna:

Foto: Arquivo Pessoal

3 – Usar conjunto de moletom: nunca fui fã desse tipo de roupa. Confesso que, quando cheguei aqui e observei que a maioria das pessoas usa nas estações de outono e inverno, desde crianças até adultos, nem cogitei inserir esse tipo de roupa no meu armário. Mas, o tempo foi passando e eu cheguei à conclusão de que as pessoas não só usam os conjuntos de moletom, como também fazem com que a roupa fique estilosa, mesclando tênis casuais, usando a calça de moletom com modelagem mais slim e cores que realçam o visual. Com isso, me apaixonei pelo estilo de roupa, principalmente por saber que eu poderia usar uma calça que não ficasse larga (antes eu não gostava de roupas de modelagem largas e despojadas).

Foto: Divulgação

4 – Usar mochila: eu detestava mochila. Era um acessório que passava longe do meu armário. Achava lindo nas pessoas, mas em mim, não caía bem, isso era o que eu achava, né? Atualmente, uso a mochila para praticamente tudo. Claro que opto por modelos menos esportivos e com pegada mais clássica para deixar o look mais casual e me permitir usar no dia a dia, sem parecer que estou sempre indo à academia ou para a escola. A combinação mochila, tênis e jeans é minha queridinha, tanto pela versatilidade quanto pela praticidade.

Foto: Divulgação

5 – Calça pantacourt: no último item da lista – e não menos importante – está a calça pantacourt. Quando eu ainda morava no Brasil, esse modelo de calça já estava no auge e eu a achava horrível. Eu jamais usaria uma peça larga no corpo. Achava que não ficaria feminina e ainda passaria a imagem de ser uma pessoa desleixada. Mas, agora, acho a peça cool, versátil, além de muito confortável. Com quem aprendi a usar? Com as asiáticas. Sim, elas adoram esse estilo de roupas e estão sempre bem vestidas e estilosas. Eu já falei sobre a calça pantacourt na coluna e ensinei várias maneiras de usá-la.

Foto: Divulgação

E acaba aqui a lista com as coisas que aprendi no Canadá. Claro que aprendi muito mais coisas, mas a coluna ficaria imensa se eu listasse tudo. Então, escolhi itens de que eu não gostava e acabei mudando de ideia para mostrar para vocês que moda é você conseguir quebrar preconceitos e analisar peças e acessórios sob um olhar diferente. Tudo é possível e tudo muda o tempo todo no mundo da moda.

 

Texto: Marlla Palhares
Jornalista especialista em moda

Notícias relacionadas