Araguari Expresso Regional

Maratoninha “Viva Livre” reuniu cerca de 1.000 crianças e adolescentes no último sábado

Tradicional Maratoninha “Viva Livre” foi realizada com sucesso no sábado dia 11 de novembro no Bosque John Kennedy

Foto: Secretaria de Políticas Sobre Drogas

A tradicional Maratoninha “Viva Livre” foi realizada com sucesso no sábado dia 11 de novembro no Bosque John Kennedy, pela Prefeitura de Araguari, através da Secretaria de Políticas Sobre Drogas, que contou com o apoio das Secretarias de Esporte e da Juventude; de Trânsito, Transporte e Mobilidade Urbana; Secretaria de Saúde; Secretaria de Meio Ambiente; Secretaria de Serviços Urbanos, e da SAE – Superintendência de Água e Esgoto .

A Maratoninha é um evento esportivo que tem como principal objetivo promover a prevenção ao uso de drogas através da prática de esporte e do fortalecimento do vínculo familiar. A prova aconteceu em volta do Bosque; simultaneamente, foram oferecidas atividades lúdicas com tinta guache, pintura facial; brincadeira com pula–pula, castelo inflável e touro mecânico. Guloseimas como algodão doce, pipoca, laranjinhas e sucos também foram ofertadas às crianças participantes, e o mais interessante é que tudo foi gratuito, permitindo que crianças de todos os níveis sociais tivessem uma tarde agradável ao lado dos familiares.

Foto: Secretaria de Políticas Sobre Drogas

Na edição de 2017, foram disponibilizadas gratuitamente camisetas para os primeiros 800 inscritos. O número de inscrições superou os demais anos com mais de 1000 crianças inscritas, que foram divididas em 4 categorias: 05 a 07 anos, que fizeram o percurso de ¼ de volta em torno do bosque; 08 e 09 anos, dando uma volta completa em torno do bosque; 10 e 11 anos, também percorrendo uma volta completa; 12 a 14 anos, com o percurso de 2 voltas em torno do bosque. Para a maior segurança das crianças, as categorias ainda foram divididas em feminino e masculino.

Em todas as categorias, as crianças correram apoiadas por “anjos da guarda”, ou seja, atletas da Equipe de Corridas e Bike Divas e Brutos, alunos do curso de Educação Física do IMEPAC e por Rodrigo Titcha, atleta araguarino e campeão em várias maratonas.

Como o objetivo da prova não era o de incentivar a competição, todas as crianças que participaram receberam medalhas. Os três primeiros lugares de cada categoria, masculina e feminina, receberam troféus, sendo eles:

Categoria de 05 a 07 anos – Feminino

1º lugar – Júlia Ribeiro de Sousa

2º lugar – Júlia Oliveira de Aquino

3º lugar – Bianca Monique Caetano

 

Categoria de 05 a 07 anos – Masculino

1º lugar – Pedro Henrique da Silva

2º lugar – Pedro da Silva Assunção

3º lugar – Adrian Flávio Caetano

 

Categoria de 08 a 09 anos – Feminino

1º lugar – Luisa Viana Sousa

2º lugar – Fabiele Meneses da Silva

3º lugar – Amanda Gabriele A. Mendonça

 

Categoria de 08 a 09 anos – Masculino

1º lugar – Pedro Teles Melo

2º lugar – Yuri Paranhos Costa Silva

3º lugar – João Marcos Costa

 

Categoria de 10 a 11 anos – Feminino

1º lugar – Maria Eduarda Alves da Silva

2º lugar – Radhija Cafrune

3º lugar – Anna Laura Rodrigues da Cunha

 

Categoria de 10 a 11 anos – Masculino

1º lugar – Victor de Oliveira Menegon

2º lugar – Samuel Henrique Marciano Cursino

3º lugar – David Gonzaga de Oliveira Gomes

 

Categoria de 12 a 14 anos – Feminino

1º lugar – Alexandra Oliveira dos Santos

2º lugar – Mariana da Cruz Coelho

3º lugar – Débora de Sousa Vieira

 

Categoria de 12 a 14 anos – Masculino

1º lugar – Peterson Silva de Souza

2º lugar – Matheus Henrique da Silva

3º lugar – Breno de Sá Travaglia

Foto: Secretaria de Políticas Sobre Drogas

A prevenção ao uso de drogas através do esporte foi o foco principal do evento. No entanto, o cuidado aos dependentes químicos não foi deixado de lado. Foi sugerida a doação de 1 litro de leite ao fazer a inscrição. Os atletas aderiram a ideia e todo o leite arrecadado será distribuído entre as Comunidades Araguarinas que acolhem o dependente químico: Associação Casa de Davi, Comunidade Pró-Vida, Comunidade El Shadday e Comunidade Ser Livre.

A Maratoninha Viva Livre foi um sucesso de público e de organização. O Prefeito Marcos Coelho abraçou a ideia e colocou a prefeitura à disposição. Os empresários araguarinos reconheceram a importância da causa e colaboraram para a realização do mesmo. A comunidade araguarina participou incentivando e levando suas crianças. Mais uma vez, tivemos a oportunidade de mostrar que, quando a causa é nobre, todos se unem para a sua realização gloriosa. Só posso deixar aqui meus agradecimentos a todos que colaboraram para a realização da Maratoninha e que não mediram esforços para a realização exitosa da Maratoninha Viva Livre 2017,” relatou o Secretário de Políticas Sobre Drogas – Ailton Oliveira Sousa.

O Prefeito Marcos Coelho de Carvalho (PMDB), mostrou-se muito satisfeito com a participação de tantas crianças e adolescentes: “Ver tantas crianças reunidas e seus familiares praticando esportes, se divertindo nos dias de hojr é até esperançoso. Vemos nessa reunião das famílias araguarinas vários sorrisos estampados no rosto e muita solidariedade. Que venha a Maratoninha 2018!” comemorou.

 

Texto: Ascom Araguari

Notícias relacionadas