Cidade Expresso Foco

Central de Ambulância realiza atendimento pelo 156

Unidade presta serviço 24h e trabalha em parceria com Corpo de Bombeiros

Foto: Divulgação

Durante 24h e nos sete dias da semana, os veículos da Central de Ambulância da Prefeitura Municipal de Uberlândia atendem a comunidade. O atendimento é feito pelo número 156, mas também pode ser feito pelos telefones 3236-6866 e o 3236-6822.

A Central de Ambulância tem 37 unidades de simples remoção, sendo três semi-UTIs que fazem o transporte de maneira rápida da população que necessita. No início do ano, a atual gestão recebeu a Central de Ambulância com apenas 15 veículos rodando. Após um trabalho permanente de recuperação, a atual gestão conseguiu colocar as 22 unidades novamente em funcionamento. Com isso, a central já conseguiu contabilizar, até outubro, mais de 40 mil atendimentos.

 

Funcionamento

Os veículos são utilizados para transferência de pacientes entre as Unidades de Atendimento Integrado (UAIs) com foco na realização de exames e consultas no Hospital Municipal e Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HCU-UFU), bem como procedimentos relativos à hemodiálise, cuidados do Tratamento Fora de Domicílio (TFD) e atendimento nos distritos. As unidades móveis também atuam em apoio ao Centro de Atenção Psicossocial (Caps) Oeste, com atendimento no Consultório de Rua e para o Programa da Saúde Mental.

As ambulâncias fazem parte de um sistema de simples remoção que confere estabilidade e segurança na transferência e transporte de pacientes seguindo as necessidades de cada um. Além dos veículos que atendem a rede de saúde, existem aqueles que ficam de plantão nas UAIs da cidade. A unidade do bairro Martins conta com duas ambulâncias – disponíveis 24 horas por dia – e as outras sete (dos bairros Luizote de Freitas, Pampulha, Planalto, Roosevelt, Tibery, São Jorge e Morumbi) contam com uma viatura cada.

 

Parceria

A Central de Ambulância também trabalha em parceria com o Corpo de Bombeiros. O serviço é feito em complemento ao transporte em situações que não são de urgência e emergência. “Os paramédicos são enviados para realizar os primeiros socorros e a ambulância leva o paciente para a unidade mais próxima a área de abrangência, quando necessário”, explicou Meiridalva Clarinda de Matos, coordenadora da Central de Ambulâncias.

A coordenadora ressaltou ainda que o cuidado com os detalhes das ambulâncias são essenciais para um atendimento qualificado. “Os veículos passam por manutenção periódica e check-list diário dos equipamentos”, disse.

 

Atendimento da Central de Ambulância em números:

– 37 veículos (sendo 3 semi-UTI para viagens)
– 47 motoristas capacitados;
– 24 horas de funcionamento;
– Até outubro, foram realizados 40 mil atendimentos;
– Ambulâncias chegam ao destino em um tempo médio de 15 a 20 minutos;
– Todos os veículos passam por manutenção periódica e check-list diário dos equipamentos.

Telefone da Central de Ambulância: 156 e 3236-6866/ 6822

Texto: Secom PMU

Notícias relacionadas