Cultura Destaque Expresso

10º Alvorada Cultural celebra resultados de projetos sociais em Uberlândia

Evento aconteceu com sucesso no último sábado (02/12) no Clube Cesag.

Foto: Roberto Chacur

O Alvorada Cultural é um evento de mobilização social e cultural que acontece há sete anos em Uberlândia com o objetivo de democratizar e descentralizar o acesso aos bens culturais, promovendo inclusão social e cultural na região leste da cidade.

Durante a 10ª edição do evento, que aconteceu no sábado (02/12) das 15h às 20h no Clube Cesag, a chuva apareceu de leve, mas isso não tirou o ânimo das crianças e adultos. Cerca de 1.000 pessoas se reuniram no Alvorada Cultural.

Sônia Alves foi levar o sobrinho, João Victor, que participa dos projetos Dedo de Verso e CineOlhar. “Minha irmã não podia trazê-lo, pois tinha que ir a um casamento, mas o João Victor só queria estar aqui. Não quis ir à festa com a mãe, pois para ele o Alvorada Cultural é mais importante. Ele nem está se preocupando se a chuva vai aumentar ou não, ele só quer se apresentar”, disse a tia.

 Segundo Maíra de Ávila, artista e coordenadora de comunicação do EMCANTAR, ao longo das 10 edições, o Alvorada Cultural só cresceu. “O Alvorada Cultural se consagrou como um evento de qualidade para a cidade, focado naquela região, e trazendo a cultura e os resultados de processos educativos para o centro do palco. Já foram 60 atrações nessas 10 edições, contemplando várias linguagens artísticas e grupos de renome nacional, além de centenas de parceiros, numa iniciativa bem sucedida de democratização do acesso à cultura e de valorização da comunidade local”.

O evento contou com apresentações artísticas como resultado dos projetos sociais de arte e educação: Transforma Oficinas de Artes Cênicas com a remontagem de Maria Borralheira; Dedo de Verso com o Sarau Literário, e CineOLHAR com mostra de vídeos. Além de apresentação de Chorinho de alunos e professores do Conservatório Estadual de Música Cora Pavan Capparelli, e do sucesso “Os Saltimbancos” do Grupo EMCANTAR, que foi o espetáculo mais aguardado do dia.

Na plateia, a todo o momento se ouvia o comentário: “qual o horário da apresentação do Grupo EMCANTAR?” ou “quero ver o espetáculo Os Saltimbancos”. Quando o Grupo se preparava para entrar no palco, as crianças e adultos pegaram as cadeiras e sentaram-se bem pertinho do palco, para não perder nada do musical.

Sônia Alves foi levar o sobrinho, mas também estava ansiosa para assistir “Os Saltimbancos”, ela diz que o grupo é um grande exemplo para as crianças. “Meu sobrinho está louco para assistir o Grupo EMCANTAR, ver a apresentação do grupo o inspira a continuar participando das oficinas”.

A 10ª edição do Alvorada Cultural contou com intervenções do grupo teatral, Trupe de Truões; teve praça de alimentação; e tendas com serviços comunitários gratuitos (massagem, doação de animais, entre outros).

O evento, que teve entrada franca, foi realizado pela Roda Cultura Produções com patrocínio do Instituto Algar, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura.

 

Texto: Ciclo Assessoria

Notícias relacionadas

Deixe uma resposta