Cidade Destaque Expresso

O Juizado Especial Federal de Uberlândia se antecipa e cumpre também meta 2 de 2018

4ª Vara Federal da Subseção Judiciária de Uberlândia julgou todos os processos distribuídos até 31.12.2015

Foto: Luiz José de Oliveira

A 4ª Vara Federal da Subseção Judiciária de Uberlândia, em Minas Gerais, especializada em Juizados Especiais Federais Cíveis e Criminais, julgou todos os processos distribuídos até 31.12.2015, de modo a cumprir antecipadamente a Meta 2 do Conselho Nacional de Justiça prevista para o ano que vem.

Esse resultado foi alcançado graças ao engajamento de toda a equipe em identificar e dar trâmite prioritário aos processos mais antigos da unidade judiciária. Como se trata de acervo físico (o PJe está sendo implantado neste mês de dezembro), foi necessário realizar a identificação de tais processos mediante a colagem de adesivo verde nas capas dos autos. Além disso, os juízes atribuíram a um servidor da secretaria judiciária a tarefa de, diariamente, monitorar cada uma daquelas ações (distribuídas até o final do ano de 2015), garantindo a realização de publicações e cargas imediatamente após os pronunciamentos judiciais, a correta contagem de prazos e a célere expedição de cartas, ofícios e mandados. Assim que conclusos, os magistrados também davam a devida prioridade a referidos processos, prolatando despachos, decisões e, finalmente, as sentenças.

Como resultado desse esforço, a 4ª Vara Federal de Uberlândia/JEF figura entre as unidades judiciárias que receberão o Selo Estratégia em Ação, na categoria Diamante, no ano de 2017, pois também está cumprindo as Metas 1 (julgar quantidade maior de processos do que os distribuídos no ano corrente) e 3 (fomentar o alcance do percentual mínimo de 2% na proporção dos processos conciliados em relação aos distribuídos) do CNJ. O cumprimento dessas metas significa a prestação de um serviço mais satisfatório em favor da população dos 14 municípios da região do Triângulo Mineiro que estão sob a jurisdição da Justiça Federal de Uberlândia.

 

Texto: Redação

Notícias relacionadas