Destaque Expresso Painel Política

Vereadores retiram emendas do PPA e dão voto de confiança ao prefeito

Plano Plurianual foi aprovado pelos Vereadores de Uberlândia na última sexta feita (08)

Foto: Gabrielle Silva

O PPA, Plano Plurianual foi aprovado pelos Vereadores de Uberlândia na última sexta feita (08), a matéria foi aprovada em primeiro e segundo turno pelos parlamentares que retiraram todas as emendas.  Ronaldo Alves, do PSC, foi um deles. Ele havia apresentado 19 emendas ao PPA, e retirou todas elas. O parlamentar alegou que confia no executivo e que acredita que as demandas apontadas por ele serão atendidas.

“É importante deixar claro que nós fizemos um estudo minucioso sobre as emendas apresentadas ao PPA, foram 19 emendas, 17 emendas tiveram os pareceres favoráveis para que elas pudessem tramitar. Nós conversamos com o Prefeito Odelmo Leão e com todo o seu secretariado das pastas pertinentes às áreas das quais sugerimos emendas. Nós enquanto vereadores, demos esse voto de confiança para a gestão pública para atuar nessas áreas. O Prefeito pegou uma cópia das emendas apresentadas e disse que vai ser prioridade no  governo dele. Eu acreditei, não vai ser a emenda que vai fazer essas mudanças, mesmo a emenda sendo aprovada , depende do prefeito para priorizar as demandas, afirmou

 

Câmara devolve R$ 2 milhões à prefeitura

A Câmara Municipal de Uberlândia devolveu R$ 2 milhões do orçamento da casa para a Prefeitura de Uberlândia, o dinheiro deverá ser usado para ajudar o Executivo a pagar as contas.

O cheque foi entregue ao Prefeito Odelmo Leão na última quarta feira (13), pelo presidente da casa Alexandre Nogueira (PSD) que esteve no gabinete  acompanhado dos vereadores da base governista.

Segundo Alexandre, o recurso economizado pela Câmara é proveniente do que restou do orçamento repassado pelo Executivo. No início do ano que vem poderá haver a devolução de mais dinheiro que não foi utilizado pela Câmara em 2017.

“A expectativa é que possamos devolver ainda mais R$ 8 milhões, totalizando R$ 10 milhões que pudemos economizar em 2017 para ajudar a gestão do prefeito Odelmo.” afirmou Nogueira

 

Vereadores aprovam projeto para ampliar a isenção do IPTU Progressivo

A Câmara de Uberlândia aprovou na última quinta feira (14), o Projeto de Lei enviado pelo  Executivo que amplia a área isenta de IPTU Progressivo, programa criado em 2011 para combater a prática de especulação imobiliária na cidade e reduzir os vazios urbanos. A Lei estipulava que os proprietários de terrenos que não atendem a função social do solo urbano, não edificados ou não utilizados, fossem notificados pela prefeitura. Só no ano passado, mais de doze mil pessoas receberam a notificação.

O projeto aprovado na quinta feira amplia a área de isenção do IPTU Progressivo de 2.000 m² para até 8.000 m²  para lotes, e de 6.000m²  para até 20.000m² no caso das  glebas de terra. O projeto também prevê a revogação de todas as notificações feitas pela Prefeitura em 2016.

Cinco vereadores votaram contra a ampliação da isenção, Adriano Zago, Felipe Phelps, Silésio Miranda e Thiago Fernandes. Zago disse que não concorda com a ampliação e que irá entrar com uma representação no Ministério Público.

 

Texto: Maria Clara Faria

Notícias relacionadas